- Esportes

Exposed nos eSports: os casos de violência sexual, machismo e outros abusos

Após a tatuadora Daniela Li ter acusado Gabriel “MiT” de agressão sexual por meio de prints postados no Twitter, uma onda de denúncias nos eSports incluindo violência sexual, abusos, machismo e até pedofilia tomou conta das redes sociais. Os “exposed” agitaram comunidades como League of Legends (LoL) e Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), por envolverem pro players e até casters e criadores de conteúdo bastante conhecidos.

Exemplos não faltaram. Além de MiT, o pro player de CS:GO Fillipe “panccs” foi exposto com prints mostrando-o flertando com uma menina de 15 anos e perseguindo a também atleta Bruna Sobieszczk. Thiago “tinowns”, eleito Melhor Atleta do LoL em 2020, recebeu graves acusações de ter um relacionamento abusivo e até ter agredido sua ex-namorada.

Confira alguns casos de exposed nos eSports nesta semana

A tatuadora Daniela Li postou um texto no Twitter relatando uma ocasião em que o caster e ex-técnico de LoL Gabriel “MiT” tentou forçá-la a fazer sexo oral nele há seis ou sete anos. A paulistana também afirmou que outras mulheres comentaram ocasiões parecidas envolvendo MiT, como a cosplayer Débora Fuzeti, que respondeu a postagem de Daniela na rede social. Em nota oficial, MiT se desculpou por erros no passado de forma generalizada. A Riot Games afirmou que o caster não fará parte das transmissões do CBLoL 2021.

Filipe “pancc” (CS:GO)

O ex-atleta da Sharks Esports aparece em prints com uma garota de 15 anos, sete anos mais nova que ele, sugerindo relações sexuais entre os dois e inclusive admitindo o quão problemático isso seria. Em outra série de prints, aparece insistindo e perseguindo outra garota, para quem ele teria inventado uma mentira em que teria transado com ela. O pro player confirmou as acusações e pediu desculpas veementemente em nota oficial, afirmando que se arrependeu. A Sharks declarou que abriu processo interno para apurar os relatos envolvendo o jogador de CS:GO.

Tinowns (LoL)
A acusação postada no Twitter contra o meio da paIN Gaming e vencedor do prêmio de Melhor Atleta do LoL em 2020 no Prêmio Esports Brasil envolve violência física e psicológica contra a ex-namorada Thays Toledo, entre 2014 e 2015. A postagem não está mais disponível por Thays ter protegido seus tweets após a larga divulgação do ocorrido, mas os relatos de práticas de chantagem emocional e abuso psicológico, passando por um incidente em que Tinowns quebra o celular de Thays, foram registrados.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *