- Polícia

Celulares são recuperados e acusado é preso na zona Norte

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Ricardo Cunha, titular do 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), apresentou à imprensa, às 11h, na manhã desta segunda-feira, 13, Vinícius da Silva Sarmento, 26 anos, acusado de roubar vários celulares, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva por roubo majorado.

A prisão do infrator foi efetuada pela equipe do 6º DIP na tarde de domingo (12/8), por volta das 17h, na casa de familiares de Vinicius, situada na Travessa 15 de Outubro, segunda etapa da Comunidade Riacho Doce, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus. O delegado Cunha disse que chegou até o infrator após a equipe da unidade policial receber denúncias, informando que indivíduos estariam em um veículo modelo Palio, de cor preta, realizando arrastões na zona norte da capital.

“Na época, uma equipe foi deslocada para investigar o caso. No momento da ação policial, o carro não foi encontrado no lugar indicado. Posteriormente, no dia 28 de maio deste ano, nós recebemos uma nova denúncia, informando que os mesmos infratores iriam praticar arrastões novamente no bairro Cidade Nova. Montamos uma ação policial para efetuarmos o flagrante e conseguimos identificar o veículo suspeito”, explicou Cunha.

De acordo com o delegado, os policiais civis, ao interceptarem o carro na tentativa de abordarem os ocupantes do automóvel Fiat Palio, de cor preta e placas CLS- 3023,acabaram trocando tiros com os infratores. No momento do confronto, os infratores conseguiram empreender fuga a pé. Em revista no interior do veículo abandonado os servidores do 6º DIP encontraram um simulacro de arma de fogo e recuperaram quatro aparelhos celulares roubados.

“Na ocasião,apreendemos, ainda, o aparelho celular de Vinicius, encontrado dentro do carro. Foi a partir daí que obtivemos a identificação dele. Testemunhas e vítimas reconheceram o infrator como um dos elementos envolvidos nos arrastões. Em razão disso, representei à Justiça o pedido de prisão preventiva, por roubo majorado, em nome dos infratores”, declarou Cunha.

O titular do 6º DIP relatou que a ordem judicial foi expedida no dia 19 de julho deste ano, pelo juiz Henrique Veiga Lima, da 8ª Vara Criminal.Ricardo Cunha enfatizou que, até o momento, cinco vítimas já foram identificadas, mas que, possivelmente, existam muitas outras. Por conta disso, ele pede às pessoas que reconheçam Vinicius como autor de roubos na capital, para que procurem a equipe policial no prédio do 6º DIP, situado na avenida Noel Nutels, s/nº, bairro Cidade Nova, zona norte.

Na delegacia, durante os trâmites legais, foi verificado no Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) que Vinicius Sarmento tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e roubo. Dessa vez ele foi indiciado por roubo majorado. Ao término dos procedimentos legais na unidade policial, ele será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

Para concluir, o delegado assegurou que as investigações em torno dos arrastões seguem em andamento, até que os policiais civis identifiquem e prendam os comparsas de Vinicius Sarmento. Os aparelhos celulares das vítimas recuperados durante a ação policial foram devolvidos aos respectivos donos.

Fonte: PC/AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *