- Polícia

Equipes da DERFV deflagram operação e prendem grupo criminoso com drogas e armas de fogo

Na ocasião, uma dupla também foi presa por estelionato envolvendo a compra e venda de veículos automotores

Equipes da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), deflagraram ação policial, ao longo de quarta-feira (23/06), com o apoio da Força Nacional de Segurança, que resultou nas prisões de Damião da Silva Costa, Jonathan Moncis Cardenas, Lucas Muller de Souza, Osvaldo Currillos Ribadeneira, e Robson Ferreira Charles Júnior, de idades não informadas, pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse ilegal de arma de fogo e receptação de veículo roubado. A ação policial ocorreu nos bairros Planalto e Dom Pedro, na zona centro-oeste da capital.

Ainda durante a operação, foram presos, em flagrante, Ozival Santos da Silva, e Stanley Serrão Moreira, ambos de 28 anos, por montarem um esquema de estelionato envolvendo a compra e venda de veículos automotores. A prisão ocorreu no bairro Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

Durante coletiva de imprensa realizada na sede da Delegacia Geral (DG), no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus, o delegado-geral adjunto da PC-AM, Tarson Yuri Soares, ressaltou o êxito em mais uma ação deflagrada pela DERFV e parabenizou o trabalho da equipe policial.

“Mais uma vez temos o privilégio de prestigiar o trabalho da DERFV, que conseguiu deflagrar mais uma ação exitosa no combate à criminalidade, com o apoio da Força Nacional de Segurança. Ressalto que o trabalho da Polícia Civil não para, e estamos aqui sempre atuantes”, destacou o delegado.

Na ocasião, o delegado Tiago Barreto, coordenador de operação da Polícia Judiciária da Força Nacional no Amazonas, ressaltou o emprego da Força Nacional de Segurança em apoio às instituições do Estado, e informou que os dados estatísticos mostram que a criminalidade vem diminuindo com o decorrer das ações.

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da DERFV, durante a operação, foi realizada uma abordagem, por volta de meio-dia, a um veículo de modelo Fiat Toro, onde estavam Damião, Jonathan, Lucas, Osvaldo e Robson. O veículo em questão possuía claros sinais de adulteração veicular, e em seu interior havia ainda alguns tabletes de substância entorpecente e um carregador de pistola.

“Após conversa com os indivíduos, eles relataram que o restante do material estava armazenado em uma casa na rua Agenor Nobre, bairro Planalto. Com base nas informações, nós nos deslocamos até a casa e verificamos que havia um veículo modelo Honda Civic e apreendemos as drogas, além de mais duas pistolas que estavam aos cuidados dos indivíduos”, explicou Goes.

Em continuidade aos trabalhos, os policiais foram até um depósito de entorpecentes que pertencia ao grupo criminoso no bairro Dom Pedro, naquela mesma zona da cidade, e localizaram mais uma grande quantidade de entorpecentes. “No total apreendemos dois veículos com suspeita de adulteração veicular, duas pistolas com munição e mais de cem tabletes de drogas que seriam distribuídos em Manaus e em outros estados”, detalhou o titular da DERFV.

Ainda durante a operação, uma dupla composta por dois empresários, identificados como Ozival e Stanley, foi presa em flagrante, por montar um esquema de estelionato envolvendo a compra e venda de veículos automotores. As prisões ocorreram no bairro Cidade de Deus.

“Em relação a esse caso, eles praticam golpes em vários estados brasileiros. Eles atuam forjando um suposto prêmio e, para a entrega dele, os infratores solicitam fotos das vítimas juntamente com um documento de identidade. Algumas instituições financeiras autorizam transações quando o cliente envia a foto com o documento, e assim esses estelionatários realizam financiamentos em nome dessas vítimas”, finalizou o delegado.

Procedimentos – Damião, Jonathan, Lucas, Osvaldo e Robson irão responder por tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse ilegal de arma de fogo e receptação de veículo roubado. Já Ozival e Stanley foram autuados por estelionato de veículos.

Ao término dos trâmites cabíveis, eles serão encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerão à disposição da Justiça.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *