- Polícia

Médico é preso por suspeita de tortura e abuso sexual em Presidente Figueiredo, no AM

Um médico de 31 anos foi preso por suspeita de tortura e abuso sexual contra a esposa e o enteado, de 13 anos, em Presidente Figueiredo, município distante 127,6 quilômetros de Manaus.

A prisão aconteceu após denúncias feitas ao Conselho Tutelar do município. A mulher do médico relatou as torturas que sofria dentro de casa. Além dela, o enteado do médico também prestou depoimento.

Segundo o delegado Valdinei Silva, o adolescente contou sobre os abusos e o cárcere privado em que vivia há pelo menos dois anos.

“Concluímos que essa criança era abusada no ambiente familiar. Ela sofre uma dependência financeira muito grande dele e talvez por isso tenha medo de falar sobre. O garoto relatou também que ele é uma pessoa bastante agressiva”, disse.

Agora, o garoto está com uma família substituta provisória até que seja tomada uma medida protetiva.

Fonte: G1/AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *