- Polícia

Mulher suspeita de integrar quadrilha que adulterava motocicletas é presa

Uma mulher de 30 anos foi presa suspeita de participar de uma quadrilha especializada em adulterar motocicletas roubadas. Além de materiais para adulteração de veículos, na casa da suspeita, Taliana da Silva Brito, foram encontrados um revólver calibre 38, munições e uma motocicleta adulterada.

De acordo com a polícia, o foco era prender o marido de Taliana, um jovem de 22 anos, que seria o chefe da associação criminosa. Contudo, o homem não foi encontrado pelo policiais e segue procurado.

Taliana foi presa dentro de casa, na Rua dos Coqueirais, bairro Nossa Senhora de Fátima 2, Zona Norte de Manaus. No local, funcionava uma oficina de desmanche de veículos roubados e de adulteração de chassi, de acordo com a polícia.

Além de peças, foi encontrada uma motocicleta adulterada e material para remarcação de chassi. De acordo com a polícia, Taliana guardava dentro de uma cômoda no quarto do casal, a arma e munições calibre 38, 16 e 32.

Além do chefe da quadrilha, outros suspeitos estão sendo procurados pela polícia.

Durante a coletiva, a suspeita disse que está grávida de quatro meses. “Não sei da vida dele, não fico perguntado sobre os negócios. Ele nunca me fez mal”, disse a suspeita.

A suspeita foi presa em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Ela também será indiciada por adulteração de sinal identificador de veículo automotor e receptação.

A mulher será encaminhada para audiência de custódia no Fórum Henoch Reis, na Zona Sul de Manaus.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *