- Polícia

Polícia Civil prende dupla com 3 kg de maconha do tipo skunk no bairro Cidade Nova

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), sob o comando do delegado Cícero Túlio, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na tarde de segunda-feira (1º/4), por volta das 14h, Pedro da Silva Martins, 31, e Ruan Carlos Barbosa dos Santos, 19, com três quilos de maconha do tipo skunk.

O titular da Derfv explicou que a dupla foi presa na rua Espinosa, Conjunto Vale do Sinai, bairro Cidade Nova, zona norte da capital, após trabalho de investigação realizado pelas equipes da especializada. “Recebemos informações que uma organização criminosa estaria mantendo, em um depósito, material entorpecente que seria armazenado em carenagens de motocicletas roubadas. O objetivo dos infratores era levar os veículos para outros municípios do Estado”, relatou.

De acordo com a autoridade policial, durante as diligências para localizar os infratores, a equipe de investigação da Derfv identificou o lugar e montou campana na rua Espinosa. Na ocasião, os policiais civis verificaram que Ruan havia saído da casa de Pedro com um tablete de substância entorpecente. “Ele tentou empreender fuga quando percebeu a nossa presença, mas imediatamente o abordamos e encontramos com ele um quilo de maconha do tipo skunk”, disse.

Cícero Túlio destacou que em continuidade aos trabalhos, a equipe da Derfv se deslocou até a residência de Pedro, onde apreendeu, durante buscas no imóvel, mais dois quilos da mesma substância achada com Ruan. “Na delegacia verificamos que Ruan já havia sido apreendido duas vezes por roubo quando era menor de idade e Pedro já responde a processo por crime de receptação”, declarou.

Pedro e Ruan foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfv, eles serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverão ficar à disposição da Justiça.

Fonte: Pc/ Am

 


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *