- Polícia

Policia Militar prende 17 pessoas e apreende armas, drogas e munições

Dezessete pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos durante ações da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), em Manaus e interior do estado. As ocorrências foram registradas entre a manhã de terça-feira (22/10) e a madrugada de hoje (21/10). Os militares também recuperaram cinco veículos com restrição de roubo e retiraram de circulação três armas de fogo.

As prisões foram motivadas por crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubo, entre outros. No período, 115 porções de entorpecentes, dez munições, três balanças de precisão e R$ 1 mil em espécie foram apreendidos.

No Centro, zona sul de Manaus, policiais da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam três homens de 18 e 32 anos pelo crime de tráfico de drogas. Os policiais apreenderam 70 porções de cocaína, 12 trouxinhas de oxi e R$ 700 em espécie que estavam em posse dos suspeitos.

Dois homens, de 20 e 26 anos, foram presos no bairro João Paulo, zona leste, por policiais da 30ª Cicom, por porte ilegal de arma de fogo e roubo. Com os infratores, os militares encontraram uma arma de fogo caseira, uma motocicleta Honda CG 150, vermelha, placa PHA-2981, com restrição de roubo e R$ 110 em espécie.

Interior – Em Tefé (a 523 quilômetros da capital), três homens entre 18 e 21 anos foram presos por policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) pelo crime de roubo. Com o trio foram apreendidas duas motocicletas, várias peças de moto desmontadas, duas armas de fogo, dez munições intactas, R$ 262 em espécie, entre outros materiais.

Veículos recuperados
● Motocicleta Honda/CG 125 Fan, placa NOX-3653
● Motocicleta Honda/CG 150 Start, vermelha, placa PHA-2981
● Motocicleta Honda Bros, azul, placa PHL-8094
● Motocicleta Honda Bros, sem placa
● Carro Uno, preto, placa NOX-3653

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM): Tabajara Moreno (3652-2022, 99210-8956 e 99191-8322) e Jhemisson Marinho (98274-1234). E-mail: assessoriasspam@gmail.com.
‘Alerta Mulher’ tem acionamento recorde de vítimas de violência doméstica

Até agosto deste ano, o aplicativo “Alerta Mulher” registrou 39 chamadas de emergência realizada por mulheres vítimas de violência doméstica que possuem medidas protetivas. O número é três vezes maior que o total de acionamentos feitos ao serviço ao longo de todo o ano passado.

Esse aumento se deve ao intensivo cadastro de novas mulheres e à massificação da divulgação do serviço nas redes sociais, conforme a secretária executiva de Políticas para Mulheres, da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Ana Barroncas.

Desenvolvido pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), em parceria com a Sejusc, o “Alerta Mulher” tem como objetivo ser um canal mais rápido para mulheres vítimas de violências pedirem socorro da polícia. Uma base exclusiva para atendimento dos chamados funciona nas dependências do 190, o serviço emergencial do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). O monitoramento ocorre 24 horas por dia.

O cadastro no aplicativo acontece após a mulher vítima de violência doméstica registrar Boletim de Ocorrência (BO) em uma das três delegacias especializadas em Crimes contra a Mulher, e solicitar medida judicial protetiva. Com a medida protetiva em mãos, a vítima é encaminhada para o Serviço de Apoio Emergencial à Mulher (Sapem), que cadastra no serviço e orienta como instalar e usar o aplicativo.

O aplicativo permite que a vítima já cadastrada envie fotos e áudios. As informações são recebidas pela equipe de monitoramento do Ciops, que aciona uma viatura para atender à ocorrência.

“Quando a ocorrência é passada pelo sistema do ‘Alerta Mulher’, automaticamente é direcionada para a Polícia Militar, para que possa enviar uma viatura para atender a essa demanda”, explicou o capitão Renan Libório, chefe do Ciops.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *