- Polícia

Presidiário do semiaberto é encontrado degolado em porta-malas de carro

Um homem, de 23 anos, foi encontrado morto no início da manhã desta quinta-feira (1°), no porta-malas de um carro, no bairro Cidade de Deus, em Manaus. Segundo a polícia, a vítima era monitorada por uma tornozeleira eletrônica e cumpria pena no regime semiaberto.

Inicialmente, policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram que receberam uma denúncia, por volta das 2h, sobre um carro abandonado na Rua Careiro Castanho. Uma equipe foi até o local, verificou o carro, mas constatou que o veículo não tinha nenhum tipo de restrição.

No início da manhã, por volta das 7h, outra equipe foi até o endereço após novas denúncias de moradores. Ao abrirem o porta-malas, encontraram o corpo do homem com marcas de sangue.

Uma carteira com documentos da vítima também foi encontrada no interior do carro. A polícia identificou que o carro é de propriedade do pai do rapaz.

Com uma tornozeleira na perna, o homem era presidiário do regime semiaberto e já foi preso pelo crime de tráfico de drogas. Ele foi morto com diversas facadas pela região do tórax e, também teve a cabeça degolada. Além disso, o homem estava com os pés amarrados.

Segundo o titular do 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Torquato Mozer, o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros.

“Ainda são informações bastante preliminares. São sinais evidente que caracterizam a morte, ainda é precoce, traçar alguma linha de investigação, estamos colhendo elementos técnicos periciais para, ao final do procedimento, seja feito, todo o processo investigativo e saber o que motivou o crime e quem matou a vítima”, disse.

Ainda segundo o delegado, por conta da vítima usar uma tornozeleira, será investigado se o crime que ela respondia tenha alguma relação com a morte.

O carro foi apreendido e ficará na sede da DEHS para as investigações.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *