- Polícia

Taxista preso suspeito de integrar facção que aluga armas para prática de crimes

Um taxista de 35 anos foi preso, na noite desta segunda-feira (5), suspeito de integrar uma facção criminosa que aluga armamentos para a prática de roubos de veículos em Manaus. Além disso, as armas eram alugadas para outros criminosos realizarem homicídios na cidade. Joelson Nogueira da Silva foi detido no bairro Centro, na Zona Sul da capital.

Conforme o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) , o suspeito já estava sendo investigado pela especializada junto a equipe do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Por meio das investigações, foi constatada uma organização criminosa que costumava alugar armas de fogo que, além de serem utilizadas em roubos de veículos, eram também utilizadas para a prática de homicídios em Manaus.

“Tínhamos conhecimento de que um HB20 [táxi], estaria praticando o aluguel de armas de fogo, inclusive distribuição de drogas na região do bairro Flores e no Centro da cidade, para que essas armas pudessem ser utilizadas na prática de roubos de veículos. As investigações se intensificaram no início da noite de ontem. As equipes se deslocaram na região do Centro, onde conseguiram visualizar o taxista, que já era apontado por fazer a linha de frente de um outro traficante, conhecido como ‘Marcelinho’, ele que é investigado por diversos homicídios”, disse.

Segundo o delegado, o suspeito que foi preso também era responsável por realizar contratos de aluguel em apartamentos no bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus.

“Ele fazia contrato de aluguel de apartamentos de luxo em regiões como a Ponta Negra, para que parte da quadrilha se reunisse nesses apartamentos a fim de organizar os assaltos e definir para quem essas armas iriam ser alugadas. Existe um contrato de aluguel do próprio ‘Marcelinho’ numa região nobre da Ponta Negra, inclusive um flat de frente para o Rio Negro que seria outro imóvel onde ele residiria”, explicou.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Amadeu Soares, a prisão do taxista, é desdobramento da prisão de uma quadrilha que foi presa no último sábado, por realizar assaltos em residências em Manaus.

“Sábado houve a prisão de uma quadrilha que estava roubando residências e levando os veículos para o ramal do Brasileirinho. Aqui é desdobramento de lá. O Joelson, no linguajar dos bandidos, fazia o famoso ‘corre’. Alugava essas armas para prática de homicídios e para prática de roubos de veículos”, completou.

Dentro do veículo que o suspeito estava foram apreendidos dois revólveres calibre 38, sendo um de numeração suprimida. Ao ser questionado sobre o armamento, o homem relatou para a polícia que mantinha outra arma em um condomínio de luxo na Ponta Negra. Ao se deslocaram para o local indicado, foi apreendido outro revólver calibre 38.

O suspeito foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, na Zona Sul da capital.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *