- Polícia

Preso em flagrante militar que agrediu a esposa por ciúmes

Um tenente da Polícia Militar (que não teve o nome revelado) de 31 anos, foi preso na noite de desta quarta-feira (22) suspeito de agredir a companheira de 24 anos no bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. Conforme a Polícia Civil, o PM estava monitorando a saída da esposa da faculdade em que ela estuda e, por ciúmes, deu início às agressões quando ela chegou em casa.

A Polícia Civil informou que o caso ocorreu depois que a vítima saiu da faculdade e, após o término da aula, e se reuniu com colegas de classe em um restaurante.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), o policial disse que tinha uma espécie de ‘olheiro’ dentro da faculdade onde a mulher estuda, que acompanhava tudo o que ela fazia dentro da instituição.

“Ele alega que tinha um ‘olheiro’ dentro da faculdade, sabia de tudo o que a mulher fazia na faculdade. Ele é muito ciumento. Após a vítima retornar do restaurante, foi avistado pelo marido dela. Ela se dirigiu até o carro dele e foi impedida de entrar, pois ele estava muito nervoso. Então, ele foi embora sem ela. Quando a vítima chegou em casa, ela foi recebida com agressões, socos, chutes, pontapés,sendo arrastada pelos cabelos. O rosto dela está completamente desfigurado”, afirma a delegada.

As agressões ocorreram na presença do filho do casal, de um ano e dois meses.

O policial militar foi preso em flagrante, mas pagou uma fiança no valor de R$4 mil e responderá em liberdade à Justiça por crime de lesão corporal. Até a manhã desta quinta, 22, ele permanecia na Delegacia da Mulher, na Zona Centro-Sul. Ao ser liberado, saiu, pelos fundos da delegacia, sem falar com a imprensa.

Fonte: G1/AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *