- Política

Janaina Paschoal cobra afastamento de chefe do Turismo

Deputada estadual eleita em São Paulo com o apoio de Jair Bolsonaro, a advogada Janaina Paschoal (PSL) defendeu nesta terça-feira (19) o afastamento do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, suspeito de criar um esquema de candidaturas de laranjas em Minas.

“Diante dos relatos que não param de surgir, assombrando a eleição do ministro, penso que seria prudente afastá-lo, para que ele tenha melhores condições de comprovar sua inocência”, afirmou ela no Twitter.

“Esse afastamento não implica reconhecer culpa. Significa apenas preservar a coisa pública”, acrescentou.Para Janaina, a permanência do ministro “está fazendo o governo pagar um preço muito elevado”.

Ela já havia cobrado do presidente “critérios minimamente claros” para a continuidade no governo, ao comparar o caso de Álvaro Antônio com o do ex-ministro Gustavo Bebianno, demitido na segunda (18).

“Se é verdade que Bebbiano está saindo por eventual envolvimento com supostas laranjas, outro membro da equipe citado em situação ainda mais problemática deve ser afastado também.”

Nesta terça, a Comissão de Transparência e Fiscalização do Senado aprovou convite a Bebianno para dar esclarecimentos sobre o escândalo. Ele pode escolher se irá ou não. Como não tem mais cargo no Executivo, não pode ser convocado, apenas convidado.

Fonte: Msn


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *