- Brasil

Moradores ainda enfrentam pontos de alagamento e ruas cheias de lama após temporal que atingiu o RJ

No dia seguinte ao temporal desta terça-feira (22), no Rio, moradores de vários pontos da cidade ainda enfrentavam pontos de alagamento e muita lama na manhã desta quarta (23).

De acordo com o Climatempo, a chuva e o vento perdem força, mas o tempo continua instável, com previsão de chuva fraca a moderada ao longo do dia.

Ao longo desta terça, choveu na cidade o volume esperado para todo o mês de setembro, segundo o Alerta Rio. A média pluviométrica do Rio durante o mês de setembro é de 72 mm — choveu 79 mm em 24 horas na terça.

Zona Oeste
No Jardim Maravilha, na Zona Oeste do Rio, a água escoou, mas os moradores enfrentavam lama e buracos pelas ruas e tinham dificuldade para sair de casa no início desta quarta. Quem vive na região afirma que o problema sempre se repete a cada chuva forte.A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos afirmou que atendeu uma família em Jardim Maravilha, e outras pessoas que ficaram desalojadas preferiram ir para a casa de parentes.

A pasta disse ainda que tem acompanhado a situação dessas pessoas de perto e que também distribuiu algumas cestas básicas.Um trecho da Estrada Vereador Alceu de Carvalho, em Vargem Grande, na Zona Oeste, ainda contava com alagamento. Os motoristas tinham dificuldade para passar pela região e poucos se arriscavam a atravessar a água.

A Prefeitura do Rio informou que mandaria uma equipe para a região ainda na manhã desta quarta.

Na comunidade da Gardênia Azul, os moradores também enfrentavam acúmulo de água.

Em Rio das Pedras os moradores contabilizavam os prejuízos e reclamam da falta de manutenção dos bueiros e ralos da região.A Rua Jardim Botânico tinha caminho livre desde o começo da manhã, mas chegou a ficar fechada por nove horas na terça (22).

Região Metropolitana
A Defesa Civil segue monitorando as áreas de maior risco na Região Metropolitana. Em Niterói, choveu o equivalente a 293% do previsto para todo o mês. As áreas mais afetadas foram Itaipu, Engenho do Mato, Jurujuba, Maravista e Piratininga.

As equipes da Defesa Civil foram acionadas para quatro ocorrências no Caramujo, Engenho do Mato, Engenhoca e Maceió.Em Belford Roxo, a prefeitura afirmou que não recebeu nenhum tipo de chamado.

Em Duque de Caxias, o município seguia em estágio de atenção desde a madrugada de terça. Foram registradas quedas de árvore. Uma delas sobre uma casa no bairro Pilar, mas não houve feridos.

Previsão
De acordo com o Climatempo, a chuva e o vento perdem força sobre a Região Metropolitana do Rio e o Sul do estado. Porém, o tempo continua instável com chuva fraca e moderada a qualquer hora.

Ainda há risco de chuva forte e ventania nas Regiões Norte e Noroeste.

Os termômetros não devem ultrapassar os 24°C.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *