- Brasil

Prefeitura de Belém volta a suspender reabertura de escolas quase dois meses após liberar volta às aulas

O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB), anunciou pelas redes sociais que vai voltar a suspender as aulas presenciais na rede municipal e particular da capital no próximo mês. Segundo ele, o motivo é o aumento recente de casos suspeitos de Covid-19 na cidade. As escolas já estavam reabertas para os alunos desde setembro.

O decreto com a suspensão foi publicado nesta sexta (30) e vale de 1º a 30 de novembro. “Nosso objetivo principal é garantir proteção de forma uniforme a toda comunidade escolar”, afirma. A afirmação contraria o discurso da Secretaria de Educação, que no começo da semana tinha descartado o recuo e informou que as aulas seriam mantidas. (leia abaixo)

Em Belém, as aulas na rede privada foram autorizadas em 1º de setembro pelo Governo do Estado. Na rede pública, a prefeitura iniciou as aulas presenciais em 14 de setembro, para mais de 7 mil alunos. Antes, dentre as capitais, apenas Manaus (AM) tinha já liberado a volta das aulas presenciais.

Pará reabre escolas em meio à pandemia de coronavírus, após pressão das escolas particulares
Na última quarta (27), a Secretaria Municipal de Educação (Semec) havia informado que o plano de retorno as aulas presenciais na rede pública municipal de ensino em Belém iria continuar, apesar do aumento no número de casos de Covid-19 no município.

Segundo a pasta, a rede de ensino chegou à terceira etapa de retorno gradual das aulas presenciais “adotando todas as medidas necessárias de prevenção à Covid-19 nas escolas”.

Em cada fase do retorno, as escolas estavam atuando com frequência reduzida de alunos, ações de desinfecção das unidades com pulverizações, tapete com hipoclorito para higienização dos sapatos na entrada e saída dos alunos, controle de temperatura com termômetro de testa infravermelho, dispenses de álcool em gel e pias na entrada das escolas, com água e sabão para higienização das mãos, ainda de acordo com a secretaria.

Dados da Covid-19 no Pará
A Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) confirmou nesta quinta-feira (29) mais 1097 infectados por Covid-19 e 2 óbitos. Agora são 252.389 casos e 6.738 óbitos no estado.

Segundo a Sespa, foram 162 novos casos e 1 óbito ocorridos nos últimos sete dias, além de 935 casos e 1 óbito de dias anteriores.

O Pará possui, até então, 235.322 recuperados, 30.324 casos descartados e 503 casos em análise.

Em relação à ocupação de leitos na rede estadual, o Pará tem 27,02% dos leitos clínicos e 54% das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. De acordo com a Sespa, já foram realizados 406.899 testes rápidos e 56.748 testes de PCR para Covid-19, até então.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *