- Cidade

Avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira lideram ranking de mortes por acidente de trânsito em Manaus

Nos primeiros três meses de 2019, foram registradas 54 mortes em acidentes de trânsito em Manaus. O levantamento foi feito pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans). Alguns dos principais cenários destes casos são Avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira, localizadas na Zona Leste da capital.

A quantidade vítimas fatais de acidente de trânsito foi contabilizada entre os dias 1º de janeiro de 2019 a 10 de abril de 2019. De acordo com o órgão, o número é 5, 26% inferior ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 57 ocorrências.

A maior parte das mortes foi registrada em três grandes avenidas que cortam a Zona Leste de Manaus.

As avenidas Autaz Mirim e Cosme Ferreira concentraram maior quantidade de vítima fatais por acidente de trânsito. Foram quatro ocorrências em cada neste primeiro trimestre. Em terceira posição, fica a Avenida Camapuã, com três mortes.

Um entregador de gás de 22 anos está entre as vítimas que tiveram a história abreviada ao passar pela Avenida Cosme Ferreira. O acidente ocorreu por volta das 20h do dia 20 de março deste ano, no bairro São José, Zona Leste de Manaus.

A polícia informou que o motociclista trafegava sentido bairro/Centro e, ao passar por um semáforo em frente à 9º Companhia Interativa Comunitária (Cicom), colidiu na lateral direita de um carro modelo Gol que cruzava a avenida. O choque foi fatal.

Nove dias depois, na mesma avenida, quatro pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo um ônibus da linha 671 e dois carros. Havia mais de 100 passageiros dentro do coletivo.

Segundo a polícia, o condutor do ônibus perdeu o controle do veículo, passou por cima do canteiro central, invadiu a pista contrária e bateu em dois carros. Um deles, de modelo Punto, foi arrastado em direção a um posto de combustíveis e parou a centímetros de uma bomba de distribuição.

A colisão ocorreu por volta das 21h no sentido Centro-bairro da Avenida Cosme Ferreira. O condutor do ônibus da linha 671 relatou à polícia que tentou desviar de um cone que estava na pista e perdeu o controle.

No dia 6 de abril, outro motociclista perdeu a vida em uma colisão. Dessa vez, o acidente ocorreu na Avenida Camapuã, que corta o bairro Novo Aleixo, na Zona Norte. O homem tinha 30 anos e morreu ao colidir contra um poste.

Na mesma avenida, um motociclista de 31 anos morreu também colidindo contra um poste no bairro Nossa Senhora de Fátima 1, na Zona Norte de Manaus. De acordo com a Polícia Militar, a vítima falava ao telefone no momento do acidente. O caso ocorreu por volta das 23h, na Avenida Camapuã, ao lado do Terminal de Integração 4.

Não é apenas condutores que perdem a vida desta forma. Pedestres também estão na lista das mortes. Em 2018, uma idosa de 82 anos tentava atravessar a Avenida Autaz Mirim quando foi atropelada por uma motocicleta.

O acidente ocorreu por volta das 6h, no sentido Centro-bairro. A idosa atravessou parte da pista e, quando se aproximava do canteiro central, foi atingida pelo motociclista.

O estudo revelou ainda os horários e dias em que os acidentes ocorrem com maior frequência pelas ruas de Manaus.

De 1º de janeiro a 10 de abril deste ano, o turno da manhã foi campeão na ocorrência de mortes no trânsito. Foram 15 mortes das 6h as 11h59. Já no período noturno, das 18h às 23h50, foram registradas 13 mortes.

Os domingos são os dias campeões em mortes no trânsito. Foram 16 mortes no período analisado pelo Instituto – seguido dos sábados com 11 e sextas-feiras com 7 ocorrências.

A imprudência e a negligência dos próprios motoristas estão entre as principais causas dos acidentes. De acordo com o órgão, seguir as normas de circulação de veículos e pedestres – estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), nas resoluções do Contran e portarias do Denatran, além dos cuidados básicos na condução de veículos – pode mudar esta realidade.

Como auxiliar vítimas de acidente de trânsito
De acordo com informações repassadas por especialistas do Manaustrans, em caso de acidentes, a primeira medida deve ser o acionamento do socorro para as vítimas.

Além disso, agentes de trânsito podem ser acionados para atender a ocorrência por meio do Disk Trânsito no número 0800 092 1188 (24h).

Fonte: G1 AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *