- Cidade

Pesquisa aponta redução da anemia em crianças de creches

A pesquisa “Estado nutricional e fatores de risco dos grupos biologicamente vulneráveis atendidos nos programas de nutrição materno-infantil”, desenvolvida pela Prefeitura de Manaus, que utilizou o NutriSUS como suplemento alimentar para crianças de até 5 anos de idade, em cinco creches municipais, aponta que houve redução de anemia no universo pesquisado.

“Não investimos somente em estrutura física e qualidade de ensino, temos investido também no aluno, no bem-estar deles, ainda mais na primeira infância, a fase de crescimento que mais precisa de cuidados e atenção. Ao aderirmos o NutriSUS, complementando a merenda escolar, estamos conseguindo acabar com a desnutrição e a anemia nas crianças das nossas creches, melhorando o aprendizado e fazendo com que elas cresçam com mais saúde e disposição”, ressaltou o prefeito Arthur Virgílio Neto, completando que a estratégia será ampliada para outras unidades.

Os resultados da pesquisa, coordenada pelas secretarias municipais de Saúde (Semsa) e de Educação (Semed), foram divulgados, nesta quarta-feira, 29/8, no auditório da sede da Semsa, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, 1.695, em Adrianópolis.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destacou a importância da inclusão do NutriSUS, na suplementação da alimentação escolar das crianças das creches de Manaus. “É impressionante o impacto positivo desse processo e acredito que o programa possa transformar essas crianças em cidadãos bem-sucedidos com a melhoria da condição de saúde deles, motivada pela alimentação saudável“, disse Magaldi.

Pesquisa com NutriSUS

A pesquisa se iniciou no mês de março de 2017 e, durante nove meses, as crianças das creches receberam a suplementação. O NutriSUS, que garante a nutrição com micronutrientes em pó, acompanhou as refeições nos meses de março a julho e depois de setembro a dezembro de 2017. Participaram da pesquisa 178 crianças.

Em março, 17 crianças, ou seja, 9,5% estavam desnutridas. No fim da pesquisa, depois da utilização do NutriSUS, em dezembro, apenas 5 crianças estavam desnutridas, ou seja, 2,8% do total de participantes.

Segundo a coordenadora da pesquisa, a nutricionista da Semsa, Eliane Rodrigues, as vitaminas e minerais que compõem o NutriSUS contribuíram para diminuir a prevalência da anemia nas crianças. “Nós colhemos os pesos e as alturas das crianças e também fizemos a análise laboratorial. A comparação dos resultados nos mostrou o quanto a suplementação tornou melhor a saúde das crianças”, declarou.

Sobre a anemia

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 2 bilhões de pessoas no mundo são anêmicas, o que corresponde a 1/3 da população mundial. Em Manaus, 25% dos pré-escolares assistidos pelo Programa Médico da Família, encontravam-se anêmicos.

Ainda segundo Eliana, a pesquisa serve de base de informação para a continuidade da estratégia em outras creches municipais. “O que nós desejamos é que esses resultados possam motivar a continuidade da estratégia dentro das creches. Na medida em que essas crianças encontram a saúde nutricional o processo de ensino e aprendizagem torna-se muito mais rico e produtivo”, finalizou.

Fonte: Semsa/PMM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *