- Cidade

Prefeitura de Rio Preto da Eva  iniciou a profilaxia de Ivermectina para o  enfrentamento da COVID-19.

O município de Rio Preto da Eva, iniciou na última quarta-feira, 20, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a distribuição do medicamento Ivermectina com fins profiláticos no enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19). Tendas foram instaladas em frente as unidades de saúde da sede do município para a ação que irá até o próximo domingo. Idosos estão recebendo a ivermectina em casa através dos Agentes Comunitários de Saúde.

Por se tratar de um medicamento bastante procurado atualmente, em razão dos possíveis efeitos profiláticos ao COVID-19, a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Saúde organizou a distribuição com dias determinados para cada grupo de pessoas.

O prefeito Anderson Sousa disse que até chegar a vacina para toda população é preciso buscar alternativas que ajudem a salvar vidas e auxiliar no tratamento ao coronavírus. “Essa semana todos assistiram que estudos sobre ivermectina indica eficácia potencial contra o vírus. A Universidade de Liverpool divulgou que o vermífugo foi associado a uma redução dos níveis de inflamação e a uma eliminação do coronavírus, além de redução da mortalidade e do tempo de internação”. Destacou Anderson Sousa que citou matéria da CNN Brasil.

No primeiro dia foram distribuídos mais de três mil comprimidos. Estão sendo respeitados o distanciamento social pela população e todos que chegam nos pontos de vacinação fazem o uso da máscara. O cidadão chega no local, entrega o cartão do SUS, tem a temperatura aferida, é pesado e depois recebe a quantidade indicada conforme seu peso e já toma o remédio no local.

POSOLOGIA

A entrega da Ivermectina com finalidade de profilaxia ao COVID-19 será realizada nas seguintes quantidades: A cada trinta quilos 1 comprimido, um exemplo, se o cidadão tiver 90 quilos toma 3. A dosagem será repita 15 dias após a primeira dose.

CONTRA INDICAÇÕES

Crianças menores de 5 anos

Pessoas com menos de 30 kg

Pacientes hipersensíveis (alérgicos) à ivermectina ou a algum dos componentes da fórmula

Pacientes com histórico de meningite

Gestantes

Lactantes

Mais de 100 profissionais da saúde estão envolvidos no mutirão que acontece até o próximo domingo na cidade e zona rural.

Fonte: Divulgação


There is no ads to display, Please add some

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *