- Cultura

Reino Unido da Liberdade oferece curso de libras para comunidade aprender o samba enredo

A Reino Unido da Liberdade neste carnaval 2019 vai comemorar 30 anos do primeiro título da escola de samba no grupo especial, que ficou popularmente conhecido como “Axé Mãe Preta”, em 1989. E, para que todos participem desta grande festa, a escola de samba, por meio do projeto “Ala LIBRAS no SAMBA” oferecerá o curso da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para a comunidade aprender e ter melhor na fluência da LIBRAS para a interpretação do samba enredo. É o quarto ano que a escola oferece acessibilidade linguística à comunidade surda de Manaus.

O carnaval é uma das manifestações populares mais celebradas pelos brasileiros, devido às contribuições culturais de diversos povos que aqui chegaram. A festa faz parte da vida de muitas pessoas, sejam estas ligadas ao trabalho, a cultura ou a religião. É com este pensamento que a escola de samba Reino Unidade da Liberdade apresenta o samba sobre “Tambores, Crenças e Costumes Afro-Brasileiros – A Benção Mãe Zulmira” para o Carnaval de 2019.

Ala da inclusão

O “Ala LIBRAS no SAMBA” tem o objetivo de promover a inclusão social e despertar o interesse para novas lideranças perpetuarem o projeto, por meio da tradução e interpretação de LIBRAS. Em 2019, será o quarto ano consecutivo que a escola dispõe desta acessibilidade linguística à comunidade surda de Manaus e dispõe de 60 vagas, destas, 30 vagas são para pessoas surdas e 30 ouvintes, que tenham interessem em descer na avenida com muito samba no pé e com a música nas mãos. O período do curso será de 13 de janeiro a 15 de fevereiro, nos domingos das 16h às 20h (incluindo o ensaio técnico de rua)

Segundo a direção da Reino Unido, mais que promover a cultura de um povo, a escola de samba busca valorizar os saberes e fazeres das pessoas por meio da arte da emoção, incorporados aos recursos e meios da acessibilidade. Promover projeto como este é manifestar e respeitar as particularidades de cada pessoa que participam da festa mais popular do Brasil.

Fonte: Assessoria/Reino Unido


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *