- Economia

Bovespa passa a cair, puxada por Petrobras e exterior desfavorável

O principal índice da bolsa brasileira, a B3, passou a cair após operar em alta mais cedo nesta quinta-feira (20), um dia após o Federal Reserve (Fed, banco central americano) elevar pela 4ª vez no ano os juros nos Estados Unidos e diante de perspectivas de mais aumentos no próximo ano.

Às 12h53, o Ibovespa, índice de referência do mercado acionário brasileiro, recuava 0,22%, a 85,488 pontos, Veja mais cotações.

Por volta do mesmo horário, as ações da Vale subiam mais de 1%, encontrando suporte na alta dos preços do minério de ferro na China. Na outra ponta, Petrobras caía 3%, na esteira do declínio dos preços do petróleo no exterior.

Na véspera, o Ibovespa fechou em queda de 1,08%, a 85.673 pontos. Na parcial do mês, o índice acumula queda de 4,28%. No ano, entretanto, ainda tem alta de 12,14%.

Cenário externo
Na véspera, o Fed confirmou as expectativas no mercado e subiu os juros para a faixa de 2,25% a 2,50%. Ao mesmo tempo, contudo, reduziu número de altas esperadas para 2019, de três para duas, e cortou a previsão para o crescimento da economia norte-americana.

De acordo com profissionais do mercado de renda variável, apesar da alta, o clima de cautela permanece, principalmente após o Federal Reserve não adotar um tom tão moderado na véspera, quando elevou os juros norte-americanos.

“Mesmo com a redução na projeção para aumentos de juros em 2019, parte do mercado esperava uma eventual pausa neste processo”, destacou a equipe da Ágora em relatório a clientes na manhã desta quinta-feira.

O Banco Central dos EUA, porém, reduziu a previsão de crescimento para este ano de 3,1% para 3%. Em 2019, o Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano também deve crescer menos, segundo o Fed. A projeção passou de 2,5% para 2,3%.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *