- Economia

Crescimento econômico do país é baixo, diz Guardia

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, reconheceu que o crescimento econômico do Brasil é baixo e defendeu o ajuste fiscal como principal instrumento para o país mudar essa trajetória.

“Não conseguimos recuperar a capacidade de crescer. O crescimento potencial do Brasil hoje é baixo. Se a gente não seguir o nosso processo de reformas será difícil deslocar esse PIB potencial para conseguir crescer na média de 2,5% que eu acho que é o que a gente conseguiria crescer hoje nas condições atuais”, afirmou Guardia.

O ministro deu a declaração durante a abertura do 15º Fórum de Economia, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta segunda-feira (3).

A economia teve crescimento de 0,2% no segundo trimestre, segundo o IBGE divulgou na sexta-feira (31).

Para Guardia, “a brutal crise de 2015 e 2016” tem origem no desequilíbrio fiscal. Segundo o ministro, nenhum governo entregou o gasto público menor do que recebeu desde 1991 e esse gasto se acentuou muito a partir de 2008.

Guardia diz que o crescimento da despesa pública, que é a causa do desequilíbrio fiscal, está em 20% do PIB.

Ele defendeu o enfrentamento do crescimento do gasto público com a manutenção do teto dos gastos, e não com elevação da carga tributária. “Para voltar a ter superávit primário de 3% do PIB não tem mágica”, diz.

Fonte:G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *