- Economia

Financiamento pró-cotista da Caixa reabre com juros maiores

A Caixa reabriu neste mês a linha de crédito pró-cotista, que usa recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O banco aumentou os juros cobrados nesse tipo de empréstimo, que deixou de ser a melhor opção para quem não se enquadra nas regras do Minha Casa, Minha Vida.

A pró-cotista era tradicionalmente considerada a mais barata do mercado, mas, agora, os juros dessa linha já superam as taxas praticadas nos financiamentos pelo SFH (Sistema Financeiro Habitacional).

Segundo a Caixa, os juros da pró-cotista subiram para a faixa entre 8,76% e 9,01% ao ano —antes disso, estavam entre 7,85% e 9,01%. No SFH, os financiamentos têm taxas a partir de 8,75% ao ano.

O aumento dos juros na pró-cotista foi aprovado em meados de dezembro, ainda no governo de Michel Temer. Quem estiver pensando em financiar um imóvel em 2019, agora, deve fazer as contas e colocar na ponta do lápis todas as opções disponíveis.

Vale lembrar que os recursos destinados à linha pró-cotista todos os anos são limitados e geralmente acabam antes do fim do ano. Em 2018, só duraram até o começo de agosto para imóveis usados.

Em nota, a Caixa informou que, para 2019, o orçamento disponibilizado para o programa pró-cotista é de 4,5 bilhões de reais. O valor destinado à Caixa ainda será definido pelo Conselho Curador do FGTS.

O Banco do Brasil, assim como a Caixa, também oferece a linha de crédito pró-cotista. Entre as instituições privadas, o Santander passou a oferecer a pró-cotista em 2018, mas apenas para imóveis novos e financiados pelo próprio banco.

Fonte: Msn


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *