- Economia

Índice que corrige o aluguel tem deflação de 0,01% em setembro

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) caiu 0,01% em setembro, informou nesta sexta-feira (27) a Fundação Getulio Vargas (FGV). Trata-se da segunda deflação seguida – em agosto, o índice recuou 0,67%.

Com este resultado, o IGP-M acumulada alta de 4,09% no ano e de 3,37% nos últimos 12 meses. Em setembro de 2018, o índice havia registrado alta de 1,52% no mês e acumulava avanço de 10,04% em 12 meses.

O IGP-M é usado como referência para a correção de contratos, como os de aluguel de imóveis.

Em 2019, o IGP-M registra ainda alta acima de outros índices de inflação. No acumulado no ano até agosto, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que é uma prévia da inflação oficial do país, acumula alta de 2,60%. Em 12 meses, a taxa é de 3,22%.

Com peso de 60%, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) declinou 0,09% em setembro, após queda de 1,14% um mês antes. Na análise por estágios de processamento, Bens Finais diminuíram 0,15%, seguindo recuo de 0,48% em agosto. Bens Intermediários foram de baixa de 0,72% em agosto para avanço de 0,22% em setembro. As Matérias-Primas Brutas tiveram queda de 2,30% em agosto e passaram para decréscimo de 0,36% em setembro.

Com peso de 30% no IGP-M, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) cedeu 0,04% em setembro, invertendo o rumo ante o mês anterior, quando teve alta de 0,23%. Das oito classes de despesa componentes do índice, a principal contribuição partiu do grupo Alimentação (-0,04% para -0,80%). Nesta classe de despesa, vale citar o comportamento do item frutas (2,94% para -4,22%).

Com os 10%, restantes, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,60% em setembro, ante 0,34% um mês antes.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *