- Economia

Indústria paulista fechou 35 mil postos de trabalho em 2018, diz Fiesp

A indústria paulista fechou 38,5 mil postos de trabalho em 2018, contra 34 mil fechamentos no ano anterior, segundo dados divulgados pela Fiesp (Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) nesta sexta-feira (18).

Segundo a entidade, o resultado negativo para o ano já era esperado. Em dezembro, houve queda de 1,62% em relação a novembro, com o fechamento 34,5 mil vagas. Já com o ajuste sazonal, a variável de dezembro ficou negativa em 0,18%.

Desempenho por setores
Entre os 22 setores pesquisados, 15 ficaram negativos e 7 positivos em 2018. O setor de produtos de minerais não-metálicos foi o que mais gerou postos de trabalho, com 4.880 vagas criadas, seguidos por veículos automotores, reboques e carrocerias (4.513) e produtos farmoquímicos e farmacêuticos (1.891).

No campo negativo ficaram, principalmente, produtos alimentícios (-14.625), confecção de artigos do vestuário e acessórios (-10.684) e couro e calçados (-6.460).

Emprego por regiões
Por grandes regiões, a pesquisa constatou um recuo de 1,80% no estado de São Paulo. Na Grande São Paulo, a queda foi de 3,13% e, no interior paulista de 1,03%.

Entre as 36 diretorias regionais, 11 apontaram altas. O destaque foi Mogi das Cruzes (5,02%), influenciada por produtos têxteis (10,80%) e produtos minerais não-metálicos (8,28%) e Taubaté (2,67%), por veículos automotores e autopeças (8,54%).

Já das 25 negativas, a maior queda ocorreu em Jaú (-25,34%), por artefatos de couro e calçados (-70,66%) e produtos alimentícios (-5,50%), e em Santa Bárbara D’Oeste (-17,93%), por produtos de metal (-55,67%) e produtos têxteis (-12,56%).

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *