- Esportes

Ansiedade é o último obstáculo do Palmeiras no caminho para o título

O último obstáculo a ser superado pelo Palmeiras agora é a ansiedade. Até demorou um pouco mais do que o esperado, mas o time de Felipão se encontrou no segundo tempo da partida contra o América-MG para golear por 4 a 0 e dar mais um passo muito grande rumo ao título do Campeonato Brasileiro.

Em contagem regressiva para o seu terceiro título nacional nos últimos quatro anos, o Palmeiras precisará de calma nas próximas duas rodadas. Isso porque terá pela frente duas equipes que lutam contra o rebaixamento: o Vasco, no Rio de Janeiro, e o Vitória, em casa.

A ansiedade é tão grande que gerou até “fake news de título”, com torcedor comemorando gol que não existiu, do Grêmio contra o Flamengo no Maracanã.

Na matemática, o Verdão ainda precisa de dois pontos para confirmar a conquista sem depender de outro resultado. Mas a taça pode vir de outra forma: basta o Flamengo tropeçar e não conseguir manter 100% de aproveitamento nas últimas rodadas do Brasileirão – os cariocas ainda enfrentam o Cruzeiro, no Mineirão, e o Atlético-PR, no Rio de Janeiro.

Calma, Verdão
Na zona mista, após a partida contra o América-MG, os atletas responderam sobre a necessidade de controlar mais a ansiedade na medida que o título nacional fica cada vez mais perto.

O tema até foi assunto na palestra dada por Felipão antes da partida. Experiente, o treinador ressaltou a importância de controlar os ânimos nos momentos mais decisivos. A tranquilidade faltou no primeiro tempo contra os mineiros.

Com a bola nos pés, o Palmeiras até encontrou espaços quando buscou o jogo pelo meio, com Dudu ou Bruno Henrique. Pelos lados ou pelos cruzamentos, recursos para furar a retranca dos visitantes, pouco sucesso.

Deyverson entra, e Dudu desequilibra
O incrível gol perdido por Borja antes do intervalo abalou o colombiano e fez o Verdão ganhar força na segunda etapa. Com Deyverson, o Verdão teve mais mobilidade no setor ofensivo e só precisou de um gol suado de Luan para abrir caminho para uma goleada.

Willian e Dudu marcaram, mas o golaço de Dudu é que merece mais destaque pelos lados do Palmeiras. A atuação do camisa 7 foi apenas mais uma na coleção de desempenhos decisivos em momentos importantes da equipe alviverde no torneio.

Dudu passou pela marcação com facilidade, liderou o ataque palmeirense, deu assistência para Willian com uma tranquilidade fora do comum e ainda marcou um lindo gol de fora da área antes de deixar o gramado aplaudido e abraçado por Luiz Felipe Scolari no banco.

Agora com 21 jogos de invencibilidade, o Palmeiras mantém em ritmo acelerado sua caminhada rumo ao seu décimo título brasileiro.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *