- Esportes

Após evolução em 2018, chefe da Sauber diz que equipe tem “boas expectativas” para 2019

Vinda de uma temporada muito ruim em 2017, quando marcou apenas 5 pontos e foi última colocada na tabela, a Sauber surpreendeu em 2018. Com 48 pontos somados, a equipe suíça subiu para o oitavo posto na tabela do Mundial de Construtores, acima de STR e Williams. Para a próxima temporada, que começa em 17 de março, Frederic Vasseur, o chefe do time, espera que o ano seja ainda melhor, mas se diz ciente das dificuldades com as mudanças nos regulamentos.

– Nós avançamos muito cedo no carro de 2019. Voltamos todos os recursos da empresa para o carro do ano que vem. Temos boas expectativas, mas quando você tem uma mudança como essa nos regulamentos, é drástica. Você nunca sabe. Você pode tomar a direção errada e vamos entender isso talvez (nos testes) em Barcelona, ​​porque ninguém sabe exatamente o que os outros estão fazendo. Meu sentimento é muito positivo, que ainda estamos melhorando semana após semana e com o mesmo propósito que tivemos (em 2018) – disse ao “Autosport”.

Com Charles Leclerc promovido para a Ferrari, a Sauber trouxe o experiente Kimi Raikkonen para substituir o jovem monegasco. Marcus Ericsson, piloto da equipe nos últimos quatro anos, será reserva em 2019, com o italiano Antonio Giovinazzi assumindo a vaga do sueco. Com a nova dupla de pilotos, formada por um campeão mundial e uma nova promessa, Vasseur quer ao menos repetir a boa classificação atingida em 2018.

– Não sei se os outros estão fazendo um trabalho melhor ou não, mas estamos fazendo um bom trabalho. Não quero dizer que não me importo (sobre teminar 2018 em 8º), mas isso não mudará minha opinião sobre a temporada. Estamos lutando para estar no top 10 e em termos de equipes entre 4º e 6º. Temos que fazer pelo menos o mesmo (em 2019). Esse será o alvo – concluiu.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *