- Esportes

Após improviso para “driblar” restrições, sul-americanos encaram favoritos europeus no Força Bruta

A oitava edição do Força Bruta do Verão Espetacular, que ocorrerá neste domingo em Cotia, na Grande SP, com transmissão ao vivo do Esporte Espetacular, promete ser única. Tudo porque a pandemia do novo coronavírus forçou com que os homens mais fortes do mundo se reinventassem para manter seus treinamentos e preparação diante de tantas restrições.

O brasileiro Tiago Aparecido, 36, e o boliviano Cristian Quiroga, 29, os dois representantes sul-americanos no evento, que o digam. Ambos tiveram de recorrer a improvisos para continuarem ativos.

Quiroga, que entrou para a categoria strongman em 2016 depois de ser arremessador de peso por muitos anos, improvisou uma academia no quintal de casa em Santa Cruz de La Sierra para fazer as atividades. Os treinos até aconteceram, mas o piso de sua residência cedeu diante de tanto peso.

– Em dezembro, passei o Natal com dores nas costas porque tivemos que trocar todo o piso – afirmou Quiroga, de 162kg, na entrevista ao ge.

Ele e Aparecido são atletas acostumados a levantar muitos e muitos quilos. Neste domingo, eles disputarão as provas “carga pesada”, cujo objetivo é puxar um caminhão de oito toneladas por uma distância de 15 metros no menor tempo possível, a “corrida insana” e o arremesso de barril. Além da dupla, os outros dois concorrentes são o estoniano Rauno Heinla e o russo Mikhail Shivlyakov, atual campeão.

O brasileiro, de Biritiba Mirim, no interior de São Paulo, é o atual campeão sul-americano de strongman e já participou do Força Bruta em 2018.

Aparecido concilia duas atividades no dia a dia e ainda consegue brilhar em ambas. Ele é cabeleireiro, tem um salão de beleza no qual trabalha durante o dia. À noite faz os treinos para tentar ser o homem mais forte do Verão Espetacular.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *