- Esportes

Após polêmica, Renato perdoa e conta com Marinho no Grêmio: “Pediu desculpas”

O próprio Marinho já pediu desculpas pelo episódio polêmico nas redes sociais. A direção do Grêmio também minimizou o caso. Mas faltava o aval do comandante. Em entrevista coletiva, o técnico Renato Gaúcho perdoou o atacante pela infelicidade e disse que conta com o atacante para a temporada de 2019.

Em dezembro, Marinho curtia suas férias tranquilamente. Até um vídeo vazar no Instagram, no qual o jogador se oferecia para jogar no Flamengo. Com a repercussão negativa junto a torcida, o atacante pediu desculpas e disse que foi um “momento infeliz”.

Recuperado de procedimento cirúrgico por arritmia no coração, o técnico Renato concedeu a primeira entrevista coletiva do ano na última quarta-feira. Dentre tantos assuntos citados, o comandante tricolor amenizou a polêmica.

— Ainda não tive oportunidade de falar com ele. Acredito que tenha se excedido um pouco as declarações, mas já pediu desculpas. É jogador do Grêmio. Está falado. Bola para frente — disse Renato.

Seis dias depois do vazamento do vídeo, a direção do Grêmio se manifestou sobre o fato. Na época, os dirigentes garantiram conversar com o atleta na reapresentação e minimizaram a polêmica.

O desconforto causado no clube repercutiu até mesmo no mercado de transferências. Com a venda de Marcelo Grohe, o Grêmio foi em busca de outro goleiro. A reposição tentada foi Éverson, do Ceará, numa negociação que poderia envolver Marinho. No final das contas, o negócio melou e o clube contratou Júlio César.

Com a pré-temporada em andamento, o planejamento tricolor era de iniciar o Gauchão com a o Grupo de Transição. Mas o próprio Renato já deixou claro que vai utilizar a sua equipe alternativa na competição. A estreia do Grêmio está marcada para 20 de janeiro, às 17h, contra o Novo Hamburgo.

Fonte: Globo esporte

 


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *