- Esportes

ATP e WTA cancelam 11 torneios na China até o fim do ano por pandemia de coronavírus

A pandemia do novo coronavírus continua causando estragos no esporte profissional. O tênis, que planeja o retorno das competições masculinas e femininas em agosto, perdeu ao todo 11 torneios que seriam disputados até o fim do ano por decisão do governo da China. Nesta última quinta-feira, a ATP e a WTA anunciaram o cancelamento dos eventos, incluindo o Masters 1000 de Xangai e o WTA Finals, que reuniria as melhores jogadoras da temporada.

– Nossa abordagem ao longo desta pandemia sempre foi seguir as orientações das autoridades locais ao realizar eventos. Respeitamos a decisão do governo chinês de fazer o melhor para o país em resposta a essa situação global sem precedentes (…) É com pesar que anunciamos que os torneios da ATP não serão disputados na China este ano. Esses eventos importantes foram a pedra angular da presença do circuito na Ásia e quero agradecer aos organizadores por seu compromisso e cooperação – afirmou Andrea Gaudenzi, presidente da ATP.

O planejamento mais afetado foi o da WTA, que teve sete de seus eventos cancelados. Em três semanas de outubro, a entidade agora não teria uma competição sequer, deixando um buraco na temporada já comprometida para as tenistas. Por ora, não há uma definição de novos torneios ou cidades onde os jogos poderiam ser disputados, mas é possível que a Europa seja o palco principal do tênis após a disputa de Roland Garros, entre 27 de setembro e 11 de outubro.

– Gostaríamos de reconhecer todos os esforços que foram feitos pelos nossos torneios da região e pela Associação Chinesa de Tênis por sua dedicação e comprometimento com a WTA. Nós dividimos esse desapontamento com muitas pessoas pelo mundo que estavam ansiosos por esses eventos e agradecemos aos nossos fãs e parceiros por todo o apoio, enquanto continuamos a planejar o restante da temporada de 2020 – afirmou Steve Simon, CEO da WTA, em nota oficial.

A ATP, por sua vez não terá quatro torneios que estavam previstos em seu calendário: o Masters 1000 de Xangai, o ATP 500 de Pequim e os ATPs 250 de Zhuhai e Chengdu. A sequência de Roland Garros também deverá seguir na Europa, com competições planejadas para Rússia, Bélgica, Suécia e França. Os torneios ainda serão oficialmente anunciados nas próximas semanas.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *