- Esportes

Da Flórida ao Catar: o caminho dos jovens campeões do Palmeiras até o Mundial de Clubes

Era começo de 2020 quando o Palmeiras divulgou a lista de relacionados para a pré-temporada em Orlando, nos Estados Unidos, com diversas promessas da base. Pouco mais de um ano depois, o Verdão se prepara para a semifinal do Mundial de Clubes da Fifa, no Catar, neste domingo, às 15h, contra o Tigres, do México, com várias realidades em seu elenco.

Depois de grandes e diversos investimentos em contratações, o Verdão decidiu abrir espaço para a base nesta temporada. Foi assim que Gabriel Menino, Patrick de Paula e Gabriel Veron começaram a ganhar experiência no Torneio da Flórida.

Além do trio, viajaram para os Estados Unidos outros jogadores revelados pelo clube: o goleiro Vinicius Silvestre e o atacante Wesley, que haviam retornado de empréstimo, o zagueiro Pedrão, o lateral-esquerdo Lucas Esteves e o meio-campista Alan.

Destes, Pedrão, emprestado ao Nacional, de Portugal, e Alan, que foi cedido ao Guarani e hoje se recupera de uma cirurgia, não fazem parte do plantel. O restante segue sendo utilizado e ganhou durante a temporada a companhia de mais jogadores formados pelo clube.

Base do Palmeiras pelo mundo
Depois da viagem para os Estados Unidos, os garotos do Verdão começaram a percorrer a América do Sul. O Verdão teve pelo menos um prata da casa em campo em todos os jogos da Libertadores 2020.

Além dos que permaneceram após a pré-temporada nos Estados Unidos, a equipe ganhou a força de Danilo, hoje titular, e teve Gabriel Silva como opção.

Gabriel Menino só perdeu um jogo da campanha, sendo utilizado 12 dos 13 jogos do Verdão no torneio. Danilo ficou fora duas primeiras rodadas, quando ainda fazia parte do plantel sub-20, mas depois participou de todas as partidas.

Antes de Doha, no Catar, os garotos palmeirenses passaram por Victoria, que fica na província de Buenos (Argentina), La Paz (Bolívia), duas vezes por Assunção (Paraguai), Manta (Equador) e novamente Buenos Aires (Argentina) antes do embarque para o Mundial de Clubes.

No Catar, João Paulo Sampaio, coordenador da base, acompanha a delegação. O zagueiro Renan, que também atua como lateral-esquerdo, está entre os suplentes da relação palmeirense, assim como o lateral-esquerdo Esteves e o atacante Gabriel Silva.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *