- Esportes

Dominick Reyes admite sensação diferente em nova disputa de cinturão: “Parece mais fácil”

O lutador americano Dominick Reyes disputa o cinturão peso-meio-pesado (93kg) do Ultimate neste sábado no UFC 253, na “Ilha da Luta” de Abu Dhabi. Depois de uma derrota controversa contra Jon Jones em fevereiro, Reyes tem sua segunda chance pelo título, mas desta vez o adversário é o polonês Jan Blachowicz, já que Jones abriu mão da cinta. O “Devastador” admitiu que encarar outro homem que não o campeão mais bem sucedido da história da categoria é diferente.

– Parece mais fácil. A sensação no geral é que é apenas uma luta, em vez de estar lutando com o “melhor de todos os tempos”. E não é minha primeira vez (disputando o título). Da última vez, foi minha primeira vez. Sou um veterano. Sei o que esperar, sei exatamente como me preparar, sei o que fazer, sei quando devo esquentar, sei quando devo permanecer calmo. Não é sobre o adversário, é sua abordagem – afirmou Reyes em entrevista coletiva em Abu Dhabi.

Outro fator único desta preparação foi a pandemia do novo coronavírus. Reyes descreveu quase uma “paranoia” sobre quem poderia carregar a Covid-19, infectá-lo e derrubar a luta.

– O mais diferente é a verificação de parceiros de treino. Não só “Eles são espiões? Estão tentando me machucar? Estão tentando criar seu nome em cima de mim?”, mas agora a novidade é “Será que estão trazendo um vírus para meu camp e me tirar pelo vírus? Estou no mesmo peso, eu entro no lugar dele”. Você não sabe com quem está lidando. Então foi um camp bem fechado, estamos de olho em tudo. Acrescentou mais uma ameaça potencial ao meu camp e minha saúde. Foi um desafio dizer não às pessoas, não é que não precisemos de você, mas temos que checar temperatura, garantir que tenham um exame negativo de Covid a cada sete dias, é todo um trabalho. Mas estou aqui, saudável, pronto para lutar.

Quanto à luta, Reyes se referiu inúmeras vezes como uma luta pelo “meu cinturão”. Ele sente que venceu o duelo contra Jon Jones, posição dividida com grande parte da mídia especializada e dos fãs. Como Jones abriu mão do cinturão para subir ao peso-pesado (até 120kg), Reyes foi uma escolha óbvia para a disputa do título vago. Blachowicz, terceiro colocado do ranking, foi o outro escolhido, à frente de Thiago Marreta, segundo colocado.

– Ele é o número 3 e mereceu esta posição. O número 2 está afastado há um ano e teve duas cirurgias nos joelhos em todos os ligamentos. Não posso dizer que ele merece agora, ele precisa lutar de novo. Então ele é o próximo, é o número 3, é uma luta de título dos sonhos: 1 x 3 ou 1 x 2, é incrível. Eu absolutamente acredito que ele é o próximo (melhor) cara depois de mim.

Blachowicz vem de três vitórias consecutivas no UFC, incluindo dois nocautes, contra Luke Rockhold e Corey Anderson. Dominick Reyes, entretanto, não pareceu muito preocupado com a mão pesada do oponente.

– Ele está dizendo que seu único atributo é potência. Estamos na divisão meio-pesado, irmão. Todos nós temos potência. É apenas questão de cuidar da minha estratégia, permanecer afiado e ficarei bem.

O UFC 253 acontece neste sábado, dia 26 de setembro. A transmissão do Combate terá início às 19h30 (horário de Brasília), com o “Aquecimento Combate”. O card preliminar, que começa às 20h, terá narração de André Azevedo e comentários de Luciano Andrade. Já o card principal, marcado para as 23h, será comandado por Rhoodes Lima, com os comentários de Ana Hissa. O SporTV 3 e o Combate.com transmitem o “Aquecimento” e as duas primeiras lutas. O site acompanha todo o evento em Tempo Real.

UFC 253
26 de setembro de 2020, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-médio: Israel Adesanya x Paulo Borrachinha
Peso-meio-pesado: Dominick Reyes x Jan Blachowicz
Peso-mosca: Kai Kara-France x Brandon Royval
Peso-galo: Ketlen Vieira x Sijara Eubanks
Peso-pena: Hakeem Dawodu x Zubaira Tukhugov
CARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):
Peso-leve: Brad Riddell x Alex Leko
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Jake Matthews
Peso-pena: Shane Young x Ludovit Klein
Peso-meio-pesado: William Knight x Aleksa Camur
Peso-pesado: Juan Espino x Jeff Hughes
Peso-meio-pesado: Khadis Ibragimov x Danilo Marques

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *