- Esportes

Duelo prova para elencos de Fla e Palmeiras, os mais valiosos do Brasil

Os altos investimentos feitos por clubes não garantem que os resultados virão dentro das quatro linhas, mas, se tratando de Flamengo e Palmeiras nesta edição do Campeonato Brasileiro, os elencos estão provando seus valores. Neste sábado, no Maracanã, as equipes estarão frente a frente pela 31ª rodada e a partida entre os dois grupos mais valiosos da Série A do Brasileirão ganhou clima de final. Líder, o Verdão tem quatro pontos a mais que o Rubro-Negro e o título nacional é o objetivo dos dois.

O elenco do Palmeiras, formado por 33 atletas, é o mais valioso entre os 20 clubes da Série A: R$ 333 milhões, aproximadamente. Já o grupo profissional da Gávea, com 35 jogador, é de cerca de R$ 329 milhões. Os números são do site especializado “Transfermarkt”. Se a diferença de valor entre os clubes é pequena, a para o terceiro colocado no ranking já é considerável. O elenco do Grêmio, de 37 atletas, está avaliado em R$ 289 milhões pelo portal.

Em contratações, o investimento feito pelo Flamengo na atual temporada ultrapassa a casa dos R$ 70 milhões. Henrique Dourado (R$ 17,5 milhões em janeiro), Vitinho (R$ 44 milhões em julho) e Piris da Motta (R$ 10 milhões em agosto), em valores aproximados por conta do câmbio, foram os reforços mais caros. Uribe e Marlos, vieram sem custos à Gávea, além de salários e luvas.

Mesmo com tais investimentos, o Flamengo encerrou o primeiro semestre de 2018 com um superávit financeiro de R$ 38 milhões. As receitas do clube da Gávea, segundo os balancetes divulgados trimestralmente, superaram os R$ 257 milhões. Vendas, patrocínios e direitos de transmissão são as maiores fontes de receita do Fla, que, recentemente, negociou Paquetá, Vizeu e Vini Jr.

A reestruturação financeira permite ao clube da Gávea fazer investimentos deste nível, Já havia sido assim nos últimos anos, com as chegadas de Guerrero, Diego, Everton Ribeiro, Diego Alves… As conquistas, por outro lado, não aconteceram como esperado. De 2014 para cá, apenas dois títulos estaduais, o que aumenta a cobrança pela conquista do título brasileiro nesta temporada.

Para ter o elenco mais valioso do Brasil, o Palmeiras gastou R$ 70 milhões somente para reforçar seu elenco nesta temporada, trazendo nomes como o zagueiro Gustavo Gómez e os cobiçados meia Lucas Lima e Gustavo Scarpa. Uma capacidade financeira que tem como uma das forças o investimento de R$ 78 milhões anuais de Crefisa e Faculdade das Américas, principais patrocinadores do clube, mas não só isso.

O Palmeiras calcula que o montante vindo do patrocínio representa cerca de 25% de suas receitas. Outros 25% vêm quase que diretamente do torcedor: 10% do sócio-torcedor e 15% de bilheteria. E os direitos de transmissão em TV representam 25%. Abaixo disso, aparecem ainda os produtos licenciados. Para se ter ideia de quanto tudo isso representa, o clube teve uma receita de R$ 531 milhões no ano passado e estima que terá aproximadamente R$ 600 milhões para esta temporada.

O crescimento econômico do Verdão vem sendo acompanhado em campo. O clube mudou de vez de patamar após quase cair no Brasileiro de 2014. A partir de 2015, vieram investimentos e protagonismo nos torneios: o Palmeiras conquistou o Brasileiro de 2016, a Copa do Brasil de 2015 e foi vice-campeão dos Paulistas de 2015 e 2018 e do Brasileiro de 2017. Após terminar o ano passado sem título, em 2018 já chegou à final do Paulista, às semifinais de Libertadores (por enquanto) e Copa do Brasil e lidera o Brasileiro.

NA ARQUIBANCADA, FLA SOBRA; NA RENDA, VERDÃO LIDERA

​Flamengo e Palmeiras lideram outro ranking do Brasileirão: o de público nos estádios. Neste ponto, a vantagem é do Rubro-Negro – e grande. No Maracanã, o time da Gávea tem atuado, em média, para 50.424 torcedores. O Verdão, na “segunda colocação” do torneio, tem média de 28.849 torcedores no Allianz Parque. Os números são do site “Footstats”.

Para o jogo deste sábado, todos os 53.610 ingressos foram vendidos e a expectativa é de um público superior a 60 mil no Maracanã. Assim, o Flamengo, em sua 16ª partida como mandante, ultrapassará a marca de 800 mil torcedores no estádio no Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras, mesmo com um público total de 432 mil torcedores em 15 partidas em sua casa, arrecadou mais do que o rival deste sábado: R$ 24 milhões e 672 mil para o clube paulista contra R$ 21 milhões e 361 mil do Rubro-Negro. Essa diferença explica-se pela política de preço dos ingressos aplicadas pelos clubes. No Brasileirão, o ticket médio do torcedor palmeirense é R$ 57,01. O do Flamengo, por sua vez, é R$ 28,24.

Confira nos números do “Footstats” de público e renda de Flamengo e Palmeiras no Campeonato Brasileiro:

Flamengo

Jogos como mandante: 15

Público total: 756.371

Público médio: 50.424

Renda total: R$ 21.361.025,00

Renda média: R$ 1.424.068,33

Ticket médio: 28,24

Palmeiras

Jogos como mandante: 15

Público total: 432.747

Público médio: 28.849

Renda total: R$24.672.600,00

Renda média: R$ 1.644.840,00

Ticket médio: R$ 57,01

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *