- Esportes

E agora? Eliminação na Copa do Brasil agrava crise financeira do Santos

A eliminação para o Ceará nas oitavas de final da Copa do Brasil dará ao Santos mais do que prejuízos esportivos. Sem a premiação de R$ 3,3 milhões que receberia caso avançasse para as quartas, o Peixe vê sua crise financeira se agravar ainda mais.

Com menos de R$ 5 milhões para receber até o fim do ano, o Santos contava com a antecipação da premiação da Copa do Brasil para pagar os salários de outubro, que devem ser repassados aos jogadores até 9 de novembro – quinto dia útil do mês.

Em entrevista na última sexta-feira, o presidente Orlando Rollo havia alertado sobre a necessidade de avançar na Copa do Brasil não apenas por questões esportivas.

– Não tenha dúvida que, se o Santos passar, e vai passar, eu nem desço em Santos voltando de Fortaleza. Eu vou para todos os jogos e vou direto para o Rio de Janeiro pedir o adiantamento. Estamos desesperados e não me envergonho. Estamos tentando salvar o Santos – disse Orlando Rollo.

Agora, o presidente precisará achar soluções para mais um problema financeiro. Recentemente, o clube lançou uma vaquinha virtual que fez sucesso entre os torcedores.

O “financiamento coletivo” atingiu, no último sábado, a meta de R$ 1 milhão arrecadado para ajudar o Santos a quitar a dívida com o Atlético Nacional, da Colômbia, pela contratação do zagueiro Felipe Aguilar, que já ultrapassa os R$ 5 milhões. Agora, o objetivo é de R$ 2 milhões, mas o clube não pretende utilizar os valores para quitar salários.

Por isso, o Santos precisará de novas soluções para não atrasar os pagamentos de outubro e dos próximos meses.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *