- Esportes

Em 2012, Tite achava Neymar ‘mau exemplo’ para os filhos; relembre

Na Copa do Mundo da Rússia, Neymar está sendo massacrado por críticas por simular lesões e faltas. Um dos “advogados” do craque brasileiro, Tite, quando era técnico do Corinthians, já esteve do outro lado.

Quando comandava o Corinthians, em 2012, o treinador criticou bastante o camisa 10 da Seleção Brasileira, após uma derrota alvinegra para o Santos de Neymar. A partida terminou 3 x 2 para a equipe litorana.

Em entrevista coletiva após o duelo, Tite reclamou do exagero na reação da dor supostamente sentida por Neymar, que levou Emerson Sheik a um cartão vermelho em um jogo anterior entre as duas equipes, pela Copa Libertadores.

Tite relembrou: “No jogo da Libertadores, o Emerson deu carrinho imprudente, e foi expulso. Neymar caiu e rolou. Quando o Emerson foi expulso, ele levantou e já estava bom. Perder ou ganhar faz parte do jogo. Simular uma situação para tirar vantagem não é. É um mau exemplo para o garoto que está crescendo, mau exemplo para meu filho”, disse.

Curiosamente, um dos filhos de Tite também está na comissão técnica do Brasil na Copa. Trata-se de Matheus Bacchi, de 29 anos, auxiliar na Rússia.

Na entrevista coletiva após a vitória brasileira sobre o México, quando Neymar foi perguntando sobre as críticas feitas por Osório, Tite interrompeu e não deixou o camisa 10 responder ao questionamento, alegando que “jogador fala com jogador, técnico fala com técnico”.

Fonte: Superesporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *