- Esportes

“Em casa” na Bulgária, Natália Gaudio busca crescer no ranking do Mundial de GR

É como se estivesse competindo em Vitória. A capixaba Natália Gaudio se sente em casa em Sofia, palco do Mundial de ginástica rítmica. Foi lá que ela se preparou a caminho da Olimpíada do Rio de Janeiro. É lá que ela esperar crescer no ranking do individual depois da 35ª colocação de 2017. A classificatória que começou na segunda-feira vai até quinta. E a ginasta sonha com uma inédita final.

– Sempre falo que a Bulgária é minha segunda casa. Venho treinar aqui desde que tenho 13 aninhos. As pessoas são muito receptivas, tenho muitos amigos aqui. Me sinto realmente em casa. Isso me faz sentir mais confiante. Com certeza é um fator que vai ajudar. Eu digo que realmente aprendi o que é GR com as búlgaras. Sou grata por tudo que vivi aqui – contou Natália.

Sofia sempre foi o destino preferido da atleta olímpica para períodos de intercâmbios e acampamentos. Até por isso Natália sentiu confiança para abrir o Mundial já com uma série inédita. Na segunda-feira, ela apresentou uma nova coreografia no arco, com elementos difíceis e ritmada pela trilha sonora do filme “Mulher Maravilha”. A capixaba conseguiu 14,550 pontos e apenas a 73ª posição no primeiro dia. Mas ela confia que pode crescer nos outros aparelhos rumo ao top 24.

– Meu objetivo é melhorar a classificação do ranking. Acho que é possível pensar em ficar entre as 24 depois dos meus resultados deste ano, de pegar uma final na etapa da Copa do Mundo de Portimão. Acho que cria expectativas muito boas para chegar com mais garra, mais força de vontade. É possível, mas não quero focar só nesse objetivo. O principal é sair satisfeita com as minhas coreografias, sair sabendo que fiz meu trabalho, meu máximo.

A confiança de Natália tem motivo. No ano passado, ela chegou ao Mundial depois de passar por uma cirurgia no pé. Ainda assim, igualou seu melhor ranking na competição (35ª colocada). Desta vez a ginasta está livre das dores.

– Estou me sentindo bem mais firme com a questão de dor. Com certeza estou me sentindo mais preparada neste ano.

Nesta terça, Natália se apresenta na bola, juntamente com as compatriotas Bárbara Domingos e Heloísa Bornal. O trio ainda disputa as classificatórias das maças e da fita em Sofia.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *