- Esportes

Experientes: Varejão, Leandrinho e Huertas reafirmam importância no Brasil

Diante do Canadá, na derrota por 85 a 77 pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, o Brasil entrou em quadra com três atletas que foram titulares na Olimpíada do Rio. Experientes, Anderson Varejão, Leandrinho e Marcelinho Huertas, todos com 35 anos, mostraram que a seleção brasileira, apesar do processo de renovação, precisa da presença e do volume de jogo do armador, do ala e do pivô, todos com passagem pela NBA.

Junto, o trio combinou para 42 pontos, dez rebotes e 15 assistências, mais de 50% da pontuação da equipe em Laval, região de Quebec. Huertas fez 14 pontos, com 12 assistências. Varejão teve 10 pontos, com quatro rebotes. E Leandrinho foi o cestinha do time com 18 pontos. Augusto Lima foi o outro com pontuação de dígito duplo, com dez e também dez rebotes.

O tempo em quadra também diz muito sobre a importância dos três jogadores. Quem jogou menos foi Varejão, com 28min13s em quadra. Leandrinho, voltando após grande período sem jogos oficiais, estevem em ação por 29 minutos. Aleksandar Petrovic, croata técnico do Brasil, sempre deu a entender que a presença desses jogadores e o volume ofensivo de Leandrinho seguiriam importantes por um bom tempo.

– Leandrinho é muito importante para o Brasil. Está em forma. Treinou muito nesses dois meses. É difícil até dizer o quão importante ele é. Atua nos dois lados, ataque e defesa. Ainda pode nos dar muito. Vamos nos classificar para a Copa do Mundo na China e penso no Leandrinho para o futuro – disse Petrovic antes mesmo do confronto contra o Canadá.

Diante da liderança de Leandrinho, Varejão e Huertas, o pelotão dos mais novos deve ter mais protagonismo contra Ilhas Virgens, no domingo, no segundo e último jogo desta janela, em Goiânia, às 21h, com transmissão do SporTV 2. Contra o Canadá, Yago fez seis pontos em dez minutos, com duas bolas de três. E Benite anotou outros nove. Léo Meindl fez outros seis. Mas Lucas Dias saiu zerado.

Com a derrota para o Canadá, o Brasil é o terceiro colocado do Grupo F das Eliminatórias, atrás de Canadá e Venezuela e empatado com a República Dominicana. Chile e Ilhas Virgens completam a classificação. Ao fim da fase, os três primeiros da chave vão para o Mundial da China, em setembro do ano que vem. O melhor quarto colocado também. O Grupo E tem EUA, México, Porto Rico, Uruguai, Panamá e Argentina.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *