- Esportes

Favoritos em alerta: após tropeços, Bayern e Atlético pegam Lazio e Chelsea na Champions

O campeão do mundo e o líder do Espanhol entram em campo nesta terça-feira na Liga dos Campeões com sinal de alerta ligado. Em Roma, o Bayern de Munique visita a Lazio após dois tropeços no Alemão. Na Romênia, onde vai mandar seu jogo, o Atlético de Madrid faz confronto duro contra o Chelsea e tenta melhorar a fase atual, que tem apenas uma vitória nos últimos quatro jogos.

Depois que levantou a taça do Mundial de Clubes no Catar, o Bayern de Munique empatou por 3 a 3 com o Arminia Bielefeld e perdeu por 2 a 1 para o Eintracht Frankfurt. Os resultados aumentaram a pressão interna em cima do time de Hansi Flick.

– Perder cinco pontos em uma semana é muito para o Bayern e não é o que esperamos – disse o presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge, após a derrota no último sábado.

Os tropeços, por enquanto, são apenas em solo doméstico. Eliminado da Copa da Alemanha, os bávaros lideram o Alemão, mas viram a distância para o segundo colocado RB Leipzig diminuir para dois pontos. Na Champions, a equipe está há 17 jogos sem perder: 16 vitórias e um empate, um recorde absoluto.

O Bayern ainda tem uma longa lista de desfalques: Pavard e Thomas Muller estão em quarentena após terem testado positivo para coronavírus. Serge Gnabry, Corentin Tolisso e Douglas Costa estão lesionados. A boa notícia para Hansi Flick é a volta de Goretzka, recuperado após ter sido infectado com a Covid-19.

A Lazio volta ao mata-mata da Champions após 21 anos e vai tentar manter a sequência ruim dos atuais campeões. O time de Simone Inzaghi fez 11 partidas em 2021 até agora e só perdeu duas vezes: para Inter de Milão e Atalanta. Os zagueiros Radu e o brasileiro Luiz Felipe são desfalques.

Artilheiro da equipe italiana na temporada com 19 gols e principal nome do time, Immobile fez questão de elogiar o maior goleador do rival.

– Tenho grande respeito por grandes campeões como Lewandowski e Ronaldo. Ter meu nome perto dos feitos deles me deixa orgulhoso. Me sinto recompensado por vários sacrifícios que fiz na carreira – comentou o atacante, que foi Chuteira de Ouro na temporada passada ao superar o polonês e o camisa 7 da Juventus.

Prováveis escalações:

LAZIO: Reina, Patric, Acerbi, Musacchio; Lazzari, Milinkovic-Savic, Lucas Leiva, Luis Alberto, Marusic; Correa e Immobile
Técnico: Simone Inzaghi

BAYERN: Neuer, Süle, Boateng, Alaba, Davies; Kimmich, Roca; Sané, Goretzka, Coman; Lewandowski
Técnico: Hansi Flick
Alerta x ascensão

Mesmo com mais dificuldades para se classificar na fase de grupos, o Atlético de Madrid tem feito uma temporada mais positiva que a do Chelsea até o momento. A equipe comandada por Simeone lidera o Campeonato Espanhol e pega um adversário que está apenas em quinto no Inglês. O termômetro momentâneo, porém, aponta um sinal de alerta para o lado espanhol.

O Atlético viu sua vantagem para o Real Madrid despencar de oito para três pontos após seguidos tropeços recentes. Isso pouco depois da queda para o modesto Cornellà na Copa do Rei. A defesa sólida, trunfo do time, foi vazada oito vezes nas últimas cinco partidas, mesma quantidade de gols que havia sofrido nas 18 primeiras da competição.

Simeone deixou o sinal amarelo ligado, apontando a evolução dos adversários desta terça-feira, em Bucareste, na Romênia – o jogo foi remanejado por conta de restrições do governo espanhol por causa da pandemia do coronavírus.

– O Chelsea mudou muito com ele (Thomas Tuchel), que incentiva seus times a jogarem bom futebol. É uma equipe poderosa, com grandes jogadores e que realizou um investimento considerável. Os atacante poderiam jogar em qualquer equipe da Europa.

E a fase do Chelsea de Thomas Tuchel é mesmo boa, apesar do Manchester City já ter disparado na Premier League. Com o alemão, que substituiu Frank Lampard no fim de janeiro, o time ainda não perdeu. Foram cinco vitórias e dois empates, com apenas dois gols sofridos.

Os Blues já haviam sido donos da segunda melhor defesa da fase de grupos da Champions, com apenas dois gols tomados em seis partidas. Para o jogo de ida das oitavas, Tuchel não contará com Thiago Silva, que está no departamento com lesão na coxa.

– É um grande teste. O Atlético é uma equipe experiente a esse nível, com um treinador muito conhecedor. Espero que esse embate nos motive a mostrar o melhor de nós. Cada equipe tem o seu plano de jogo e sabemos o que esperar do Atlético: luta, experiência e uma equipe mentalmente forte – declarou o ex-técnico do PSG, vice da última edição da Liga dos Campeões.

Prováveis escalações:

ATLÉTICO: Oblak, Llorente, Savic, Felipe, Hermoso, Renan Lodi; Koke, Kondogbia, Saúl; João Félix e Suárez
Técnico: Diego Simeone

CHELSEA: Mendy, Azpilicueta, Zouma, Rüdiger; James, Kanté, Kovacic, Alonso; Mount, Giroud e Werner
Técnico: Thomas Tuchel

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *