- Esportes

Jaqueline, do Osasco, e Drussyla, do Sesc-Flamengo, jogam de máscara após surto de coronavírus na Superliga; veja

O aumento do número de casos de coronavírus na Superliga Feminina ligou o alerta. Na noite de terça-feira, Jaqueline, do Osasco, e Drussyla, do Sesc-Flamengo, entraram em quadra de máscara na partida entre os times, em uma tentativa de evitar o contágio. Mas, sem o costume, as duas não demoraram a tirar a peça durante o jogo, que terminou com a vitória da equipe paulista.

Ainda no primeiro set, Jaqueline, ponteira do time paulista, tirou a peça. Na segunda parcial, Drussyla foi para o jogo também já sem a máscara. No masculino, Lucão e Maurício Borges têm o costume de atuar com a proteção desde o início da temporada em meio à pandemia.

O Sesc-Flamengo chegou a ter seis jogadoras afastadas por Covid-19. Com isso, teve três jogos adiados nas últimas rodadas. Agora, apenas Amanda e Valquíria seguem após resultado positivo do exame para a doença.

O time carioca, porém, não é o único a sofrer com um surto de coronavírus. O Sesi-Bauru também anunciou que cinco jogadoras testaram positivo para a doença. Com isso, o confronto desta quarta-feira, contra o Minas, foi adiado. A partida contra o próprio Sesc-Flamengo, na próxima sexta-feira, deverá ser remarcada por conta do surto.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *