- Esportes

Kayla Harrison se diz desapontada com Cris Cyborg: “Ela fala muito, mas não assina a linha tracejada”

Foi com surpresa que a americana Kayla Harrison recebeu a declaração da brasileira Cris Cyborg de que gostaria de enfrentá-la. Atual bicampeã olímpica de judô e campeã peso-leve da Professional Fighters League (PFL) – e invicta nas oito lutas que fez no MMA -, Harrison disse estar desapontada com Cyborg porque, na sua opinião, ela teve a chance de decidir enfrentá-la em 2020, mas preferiu assinar com o Bellator.

– Fiquei desapontada, porque é claro que ela é uma das melhores. Eu quero me testar, me desafiar e provar não apenas para mim que sou a melhor, mas para todos.A decisão dela de ir para o Bellator não me surpreendeu, porque eu sabia que ela iria para um lugar aonde se sentisse mais confortável. Agora ela diz que quer me enfrentar, mas ela teve essa chance no ano passado. Acho que ela fala muito, mas não assina a linha pontilhada – disse a lutadora, em entrevista ao site “MMAMania”.

A americana, no entanto, não deixou de reconhecer que respeita Cyborg por tudo o que fez na carreira, inclusive forçando o UFC a contratá-la pelos seus bons resultados.

– Tenho muito respeito por Cris Cyborg, sei que ela nadou contra a corrente a carreira toda. Cris é uma das pioneiras do esporte, e sempre foi tão boa que o UFC não teve como ignorá-la. Eu a respeito muito, mas não tenho medo e nem raiva de ninguém. Só quero lutar e ser a melhor.

Em resposta à americana, Cris Cyborg posou uma mensagem em sua conta no Twitter na qual perguntava quantas vezes Kayla Harrison havia lutado em 2020 – Harrison fez apenas uma luta no ano passado, no mês de novembro, quando nocauteou Courtney King atuando pelo Invicta FC, já que a PFL suspendeu suas atividades por conta da pandemia.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *