- Esportes

Marlon Moraes conta o plano para UFC deste sábado: “Provar que sou um dos melhores da categoria”

Marlon Moraes fará a luta principal do UFC neste sábado, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Ele terá pela frente Cory Sandhagen, em disputa válida pela divisão dos galos.

Já recuperado da covid-19, o brasileiro contou, em entrevista exclusiva ao Combate.com, que logo se livrou dos sintomas e conseguiu fazer um camp completo para o duelo contra Sandhagen.

– Eu tive enjoo, dor no olho e nas costas. Minha recuperação foi boa, fiz todos os exames e comecei esse camp 100%. Me sinto mais preparado do que nunca para a luta. Eu ia fazer a luta com o Petr Yan em junho, que acabou caindo e ele foi lutar com o José Aldo, mas eu continuei treinando. Vai dar umas 11 semanas de treinos. Consegui fazer uma preparação boa. Treino na ATT e conseguimos ótimos sparrings pra treinar. Estou pronto para decidir essa luta. Estou preparado, e se for na parte de trocação ou de grappling, vou estar 100%.

Quarto colocado no ranking da categoria, Sandhagen vinha de cinco vitórias seguidas no UFC até ser derrotado em sua última luta por Aljamain Sterling. O brasileiro, que ocupa a primeira posição no mesmo ranking, tem a estratégia para o combate bem definida em sua mente.

– O Cory é um cara comprido, longo, que joga na distância. Então temos que ficar espertos nisso aí. Vamos tentar diminuir o volume dele, e fazer o meu jogo. Vou entrar ali, machucar ele, e quando ele me der as brechas estar pronto para aproveitar.

Marlon espera ter uma nova chance pelo cinturão em breve. Na primeira, acabou superado pelo então campeão Henry Cejudo. O brasileiro admite que aquele revés fez com que ele corrigisse alguns erros em seu jogo.

– Eu lutei contra um cara que realmente é um atleta muito duro e difícil de ser vencido. Eu já me via preparado para ser campeão, mas depois desta luta consegui ver uns erros, que antes eram acertos, mas que vieram a ser erros depois dessa luta com ele. Eu tentei corrigir para a luta com o Aldo, já fiz alguns ajustes, mas o Aldo é um cara diferente, com um jogo um pouco diferente pra lutar. Treinei bem, estou com uma confiança muito boa e confio que sou um dos melhores da categoria. No sábado vou provar isso.

Dono do cinturão até 61kg, Petr Yan é o cara a ser batido no momento, e se tornou o alvo de toda a categoria. Marlon explica que já estudou bastante o jogo dele e, tendo uma oportunidade, garante que vai explorar as fraquezas do campeão.

– Ele é um grande lutador, um cara completo. A trajetória dele foi perfeita para chegar até o cinturão e ser campeão. Não que tenha sido fácil, mas o caminho que ele pegou favoreceu muito o estilo dele. Por isso acho que ele é o campeão. Ele é muito bom, mas vejo muitas brechas no jogo dele e por isso mal posso esperar pra ter uma luta marcada com ele e aí explorar essas brechas que ele tem.

– Sou um dos melhores da categoria, tenho certeza disso, e é tudo uma questão de tempo e oportunidade. Tendo uma performance boa, vou estar na cara do gol. A gente nunca sabe, no UFC tudo muda a qualquer hora, e espero lutar pelo cinturão em breve. Tenho certeza que tenho condições, então estou esperando a oportunidade. Sei que uma hora ou outra a gente vai se encontrar.
O Combate transmite o “UFC Moraes x Sandhagen” ao vivo, na íntegra e com exclusividade neste sábado, a partir das 17h45 (de Brasília), com o “Aquecimento Combate”. O SporTV 2 e o Combate.com transmitem as duas primeiras lutas do card preliminar, e o site acompanha todo o evento em Tempo Real.

UFC Moraes x Sandhagen
10 de outubro, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi
CARD PRINCIPAL (21h, horário de Brasília):
Peso-galo: Marlon Moraes x Cory Sandhagen
Peso-pena: Edson Barboza x Makwan Amirkhani
Peso-pesado: Ben Rothwell x Marcin Tybura
Peso-médio: Markus Maluko x Dricus du Plessis
Peso-pesado: Tom Aspinall x Alan Baudot
Peso-pena: Youssef Zalal x Ilia Topuria
CARD PRELIMINAR (18h, horário de Brasília):
Peso-médio: Tom Breese x KB Bhullar
Peso-pesado: Chris Daukaus x Rodrigo Zé Colmeia
Peso-médio: Impa Kasanganay x Joaquin Buckley
Peso-galo: Ali Alqaisi x Tony Kelley
Peso-pena: Giga Chikadze x Omar Morales
Peso-galo: Tracy Cortez x Stephanie Egger
Peso-mosca: Bruno Bulldoguinho x Tagir Ulanbekov

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *