- Esportes

Nadal massacra jovem grego algoz de Federer e atinge 25ª final de Grand Slam no Aberto da Austrália

De volta à final. O espanhol Rafael Nadal dominou o jovem grego Stefanos Tsitsipas (15º colocado da ATP) e garantiu vaga na decisão do Aberto da Austrália com vitória por 6/2, 6/4 e 6/0 na manhã desta quinta-feira. Número 2 do mundo, Nadal sobrou em quadra e não enfrentou problemas para despachar o adversário de 21 anos em sets diretos em 1h46 de jogo.

É a 25ª vez na carreira que o Touro Miúra atinge a decisão de um Major na carreira, sendo a quinta no Aberto da Austrália. Aos 32 anos, o vencedor de 17 Slams busca o bicampeonato em Melbourne para se tornar o segundo tenista da Era Aberta (1968) a conquistar o duplo Career Slam, ou seja, vencer pelo menos dois troféus de Grand Slam em cada um dos quatro Majors. Cinco tenistas já venceram os quatro Grand Slams uma vez nas últimas cinco décadas, quando o tênis se profissionalizou. Apenas Rod Laver conseguiu repetir tal feito duas vezes na Era Aberta.

O suíço Roger Federer e o sérvio Novak Djokovic só venceram Roland Garros em uma ocasião. Além de Paris, o americano Andre Agassi só triunfou em Wimbledon também uma vez. Apenas dois tenistas na história fizeram o feito que Nadal busca: os australianos Rod Laver, que venceu todos os Grand Slams em 1962 e 1969, e Roy Emerson.

– Foi um bom jogo, um bom torneio. Essa quadra me dá uma energia incrível. Eu me sinto bem. Começar a temporada assim depois de falar com o diretor do torneio, em Brisbane, de não jogar lá… era difícil imaginar que eu estaria aqui hoje – disse.

É o primeiro torneio oficial de Rafael Nadal desde o US Open, em setembro, quando desistiu por uma lesão no joelho direito. No início do janeiro, ele desistiu do ATP 250 de Brisbane por causa de uma lesão na coxa direita e chegou a Melbourne como incógnita.

O adversário na decisão sairá do confronto entre o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, e a surpresa francesa Lucas Pouille, 31º colocado da ATP, que se enfrentam na manhã desta sexta-feira. A decisão do Aberto da Austrália será realizada no domingo, às 6h30 de Brasília.

Na trajetória até a final, o canhoto de Mallorca não perdeu um set sequer. Ele venceu os australianos James Duckworth, Matthew Ebden e Alex de Minaur nas rodadas iniciais. Depois, bateu o tcheco Tomas Berdych nas oitavas e o americano Frances Tiafoe nas quartas de final.

O espanhol ditou o ritmo dos ralis com seu forehand cheio de spin e controlou os pontos ao explorar o backhand de uma mão do adversário. Foi a terceira vitória do espanhol em três jogos sobre o grego no circuito. Ele já havia vencido Tsitsipas na final do ATP 500 de Barcelona, em maio, e na final do Masters 1000 do Canadá, em agosto.

O jogo

Em sua primeira semifinal de Grand Slam, Tsitsipas entrou em quadra com a intenção de mostrar que não seria intimidado pelo vencedor de 17 Majors. Não funcionou. Depois de quase levar uma bolada do grego no aquecimento, Nadal começou o jogo voando e logo quebrou o serviço do grego no terceiro game do jogo. Firme nas devoluções, o espanhol pressionou o adversário e não deu chances nos seus games de serviço para sufocar o adversário de 21 anos e fechar o set inicial em 21 minutos de jogo.

Tsitsipas conseguiu jogar melhor na parcial seguinte e tentou atacar, mas não conseguiu deixar Nadal na defensiva e pouco incomodou nas devoluções. O vice-líder do ranking mundial seguiu sobrando no saque e fechou o segundo set depois de conquistar uma quebra quando o grego sacava em 4/4 para abrir 2 sets a 0 com facilidade.

Com vantagem confortável no placar, só deu Nadal. O espanhol deu um show no terceiro set e deixou o grego no desespero diante do dia inspirado do vencedor de 17 Grand Slams. O primeiro e único break point que o número 2 do mundo enfrentou na partida foi no último game, depois de 1h43 de jogo. O resultado foi um pneu para confirmar a vitória, com aproveitamoento de 85% dos pontos com o primeiro serviço, e garantir a quinta final em Melbourne.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *