- Esportes

Nick Kyrgios desabafa sobre lidar com derrotas e racismo: “Às vezes o tênis é um esporte de me…”

O australiano Nick Kyrgios, 44º do mundo, confessou “viver uma relação de amor e ódio com o tênis”, em entrevista à “ABC”. Figura recorrente nos noticiários e mídias sociais, desta vez, Kyrgios falou das frustações por ter de lidar com as derrotas e também sobre o racismo que tenistas negros como ele precisam enfrentar no tênis.

– Muitas crianças me admiram agora. Mas às vezes o tênis é um esporte de me… É tão frustrante que você precisa ser incrivelmente paciente. E perder é uma droga. Há momentos em que adoro treinar, adoro jogar e há momentos em que eu o odeio – disse o tenista australiano.

Em um esporte onde não há empate e que Kyrgios perde com uma certa frequência, ele admitiu que não gosta da sensação.

– Nunca concordo em perder, para ser honesto. Sou muito ruim nisso. Sou muito competitivo em tudo que jogo – confessou o tenista.

– A cultura do tênis tornou difícil para as pessoas aceitarem o sucesso de um jogador como eu. É para ser um esporte de cavaleiro branco. Então, ver alguém de cor como eu sair, ser diferente e ter sucesso não é tão fácil de ver às vezes – concluiu.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *