- Esportes

Piscina de ondas recebe elite do surfe para oitava etapa do Circuito Mundial

Cercada de expectativa, tem início nesta quinta-feira a grande atração do calendário 2018 do Circuito Mundial de Surfe: uma disputa nas ondas artificiais da piscina idealizada pelo americano Kelly Slater em Lemoore, na Califórnia, Estados Unidos. A oitava etapa da temporada, que se estende até domingo, promete escrever um novo capítulo na história do esporte com elementos inéditos como o formato de disputa, sem baterias, e a presença de público pagante. Além, é claro, da pontualidade: descartada a influência das condições climáticas, a competição começará precisamente às 13h de Brasília.

Desenvolvida ao longo de dez anos pelo surfista 11 vezes campeão mundial, a piscina do Surf Ranch tem ondas consideradas perfeitas, permitindo desde manobras aéreas a longos tubos. O ambiente controlado, sem o impacto das variações do mar e da escolha das ondas, coloca os atletas em condição de igualdade e promete uma disputa pautada pela performance individual.

Formato de disputa
Na fase classificatória, os surfistas terão três chances de marcar pontos, cada uma delas composta de uma onda para a direita e uma onda para a esquerda – um total de seis ondas. A melhor nota obtida na direita será somada à melhor nota da esquerda, definindo a pontuação total do atleta. Os oito melhores homens e as quatro melhores mulheres avançam para a fase final, onde novamente terão três chances para surfar uma direita e uma esquerda.

A ordem de entrada dos 36 surfistas na piscina é definida pelo ranking do World Surf League Championship Tour 2018. Nesta quinta, entram em ação os 18 surfistas da parte de baixo do ranking, e na sexta-feira é a vez de os 18 mais bem colocados estrearem.

Brasil no topo
Os surfistas brasileiros entram na disputa com status de favoritos graças ao histórico: Gabriel Medina, segundo colocado no ranking mundial, foi o campeão do evento-teste realizado no rancho em 2017, derrotando na final o compatriota Filipe Toledo, atual número 1 do mundo.

Nesta quinta, o Brasil terá sete representantes na água. Miguel Pupo será o primeiro a entrar em ação, pontualmente às 13h16. Wiggolly Dantas, Ian Gouveia, Jessé Mendes, Tomas Hermes, Yago Dora e Adriano de Souza (que fecha o dia verde-amarelo surfando sua primeira onda às 14h26) completam a escalação.

Na sexta-feira, as mulheres abrem a disputa, com Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima na água pelo Brasil. Na sequência, Michael Rodrigues, Willian Cardoso, Italo Ferreira, Gabriel Medina e Filipe Toledo fazem suas estreias.

Confira a ordem de entrada do primeiro dia da oitava etapa:
1 – Hiroto Ohhara (JPN)
2 – Kelly Slater (EUA)
3 – Miguel Pupo (BRA)
4 – Wiggolly Dantas (BRA)
5 – Joan Duru (FRA)
6 – Keanu Asing (HAV)
7 – Matt Wilkinson (AUS)
8 – Ian Gouveia (BRA)
9 – Patrick Gudauskas (EUA)
10 – Jessé Mendes (BRA)
11 – Michael February (AFR)
12 – Connor O´Leary (AUS)
13 – Joel Parkinson (AUS)
14 – Tomas Hermes (BRA)
15 – Sebastian Zietz (HAV)
16 – Yago Dora (BRA)
17 – Frederico Morais (POR)
18 – Adriano de Souza (BRA)

Confira a ordem de entrada do segundo dia:
1 – Conner Coffin (EUA)
2 – Ezekiel Lau (HAV)
3 – Kanoa Igarashi (JPN)
4 – Adrian Buchan (AUS)
5 – Michael Rodrigues (BRA)
6 – Griffin Colapinto (EUA)
7 – Jeremy Flores (FRA)
8 – Mikey Wright (AUS)
9 – Kolohe Andino (EUA)
10 – Willian Cardoso (BRA)
11 – Michel Bourez (TAH)
12 – Jordy Smith (AFR)
13 – Owen Wright (AUS)
14 – Wade Carmichael (AUS)
15 – Italo Ferreira (BRA)
16 – Julian Wilson (AUS)
17 – Gabriel Medina (BRA)
18 – Filipe Toledo (BRA)

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *