- Esportes

Rodrygo se reapresenta ao Santos com status de titular; veja como Sampaoli pode utilizar atacante

Previsto para se reapresentar nesta quinta-feira no Santos, Rodrygo chega em boa hora para compor o elenco comandado pelo técnico Jorge Sampaoli. O atacante defendeu a seleção brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria desde o início do ano e ainda não trabalhou com o treinador – mas volta com boas chances de ser titular.

Após uma sequência intensa de jogos, Sampaoli terá mais quatro dias de preparação até a próxima partida do Santos e poderá testar novas formações, principalmente com Rodrygo, Cueva e Jean Lucas, recém-apresentados ao clube.

Enquanto Cueva e Jean Lucas chegaram como reforços do Santos na última semana e já treinaram com o restante do elenco – Cueva, inclusive, já estreou e será apresentado nesta quinta, no CT Rei Pelé – Rodrygo sequer conheceu Sampaoli. Convocado para o Sul-Americano Sub-20, o atacante ainda não apareceu no CT Rei Pelé em 2019.

Se depender do que produziu em 2018, Rodrygo pode se encaixar de pelo menos duas maneiras na equipe de Sampaoli: ou aberto pelos lados, como em boa parte da temporada passada, ou por dentro, como um meia – nesse caso, concorrendo com nomes como Jean Mota, artilheiro do Peixe em 2019.

O retorno do “Raio” ao Santos acontece justamente no maior período de treinamentos que o time teve até aqui na temporada. Assim, Jorge Sampaoli terá tempo de testar o time pela primeira vez com o atacante.

Contratado pelo Real Madrid em junho do ano passado, Rodrygo só deve se apresentar ao clube em julho deste ano, embora o presidente José Carlos Peres já tenha manifestado interesse em manter o atacante no Santos até dezembro.

Vale lembrar que o Santos conta com nove atacantes em seu plantel. Além de Rodrygo, Sampaoli tem à disposição: Derlis González, Felippe Cardoso, Eduardo Sasha, Copete, Arthur Gomes, Yuri Alberto, Kaio Jorge e Tailson. O venezuelano Soteldo, que é meia, também tem feito papel de atacante nos últimos jogos do Peixe.

Mesmo com a concorrência, Rodrygo deve conquistar uma vaga entre os titulares do Santos. Até aqui, Derlis González e Soteldo foram os mais escalados no ataque santista. Com a volta do “Raio”, o venezuelano deve perder espaço na frente, a não ser que Sampaoli monte o time com três atacantes. Rodrygo e Derlis seriam jogadores de velocidade no ataque, sem um centroavante.

Entre os outros atacantes, Felippe Cardoso chegou a receber chances no início da temporada, mas uma lesão na coxa tirou o centroavante da briga pela vaga nas últimas semanas.

Arthur Gomes, Yuri Alberto, Kaio Jorge e Eduardo Sasha também chegaram a jogar no ano, mas não ganharam sequência na equipe.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *