- Esportes

Sem levar sets no Pan, Ângela e Carol, do vôlei de praia, explicam sucesso: “Nos completamos”

Ângela e Carol Horta parecem estar se sentindo em casa nos Jogos Pan-Americanos de Lima. Em quatro confrontos disputados até agora, diante de Ilhas Virgens, Chile, México e Colômbia, esse último nas quartas de final no domingo, foram quatro vitórias. Além disso, o time brasileiro de vôlei de praia conseguiu a façanha de não levar um set sequer na capital peruana. O segredo? A conexão entre a dupla.

As jogadoras atuam juntas há cerca de um ano e meio, tendo atuado uma temporada inteira do Circuito Brasileiro como um time. Com o alto nível do torneio nacional, elas se prepararam muito forte para o Pan de Lima. Ângela tem 38 anos e, em teoria, é mais experiente. Carol Horta está com 27, mas carrega na bagagem uma medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015 ao lado de Lili. Essa mescla entre as duas está dando certo no Peru.

– A gente está focando muito no que podemos fazer. Nossa concentração é sempre para fazer o melhor. Não saquei tão bem (contra a Colômbia), mas Carol fez seu melhor jogo em saque. A gente está se completando. Isso faz a diferença. Tem hora que ela não consegue, eu faço. E vice-versa. Eu faço minha parte, e ela, a dela. Nós nos completamos. Estamos fazendo ajustes rápidos no meio dos jogos e isso é importantíssimo – explicou Ângela.

Carol Horta, que já tem um bronze, quer agora sair com o ouro. Ela ressaltou também que a presença e o apoio massivo da torcida brasileira nas arquibancadas tem ajudado a manter o gás.

– Tudo conta, acho que a gente tem muita vontade, muita garra para ganhar essa medalha, trabalhamos muito forte para estar aqui. Estudamos todas as adversárias e estamos muito concentradas. A energia da torcida dá um gás maior na gente. Vamos manter a pegada para chegar na final e, se Deus quiser, ganhar a medalha de ouro.

Mais informações
Ângela e Carol Horta vão enfrentar seu rival mais difícil no Pan até o momento, os Estados Unidos, que venceram o Paraguai por 2 a 0 neste domingo nas semifinais. O próximo jogo das brasileiras será nesta segunda-feira, às 13h30 (de Brasília). Do outro lado, estão Cuba e Argentina. No masculino, Thiago e Oscar caíram nas quartas para a dupla do México, formada por Ontiveros e Vírgen, e estão fora da briga pelo pódio.

O Pan de Lima reúne cerca de 6.580 atletas de 41 países das Américas. Dos 39 esportes, 22 valem como classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. No total, o Brasil terá 485 atletas em ação na capital do Peru. E os canais SporTV transmitem ao vivo os principais eventos até o dia 11 de agosto.

Campanha de Ângela/Carol até agora:
Fase de grupos
Brasil 2 x 0 Ilhas Virgens – 21/8 e 21/7
Brasil 2 x 0 Chile – 21/16 e 21/19
Brasil 2 x 0 México – 21/10 e 21/11

Quartas de final
Brasil x Colômbia – 21/17 e 21/13

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *