- Esportes

St-Pierre admite luta com Khabib em 2019, mas hoje diz não estar motivado para voltar

Assistir a Georges St-Pierre em ação pode demorar mais um pouco. Ou isso talvez nunca mais aconteça. Em entrevista à ESPN nesta última segunda-feira, o ex-campeão peso-meio-médio e médio do UFC se mostrou mais inclinado a se aposentar de vez do que voltar a lutar. Por outro lado, o canadense de 37 anos admitiu que uma luta contra Khabib Nurmagomedov seria interessante para o seu legado. O fato é que St-Pierre não anunciou nem seu retorno, e nem sua aposentadoria.

– A motivação não é a mesma que costumava ter. Não tenho a mesma motivação para a programação (dos eventos) novamente e lutar para chegar a outro título. Acabei com isso. Eu fiz isso por muitos anos. Você chega a um ponto em sua carreira onde você quer fazer as coisas diferentes. É por isso que essa luta com (Michael) Bisping foi diferente, porque foi uma superluta. É o que eu procuro.

Campeão meio-médio do UFC de 2007 a 2013, ano em que Georges St-Pierre se afastou do MMA ainda como dono do cinturão da categoria até 77kg, ele retornou em novembro do ano passado, quando enfrentou o então campeão dos médios e finalizou Bisping no terceiro round. Logo em seguida, o lutador vagou o cinturão e voltou à inatividade.

A decisão de parar novamente, segundo St-Pierre, se deu principalmente por conta de um problema de saúde. Ele sofre de “colite”, uma inflamação do cólon que causa distúrbios digestivos. Mesmo melhor hoje, isso ainda atrapalha um possível retorno.

– A grande questão para lutar são os sintomas da colite. Tenho que me livrar da minha medicação. Quando tiver a medida de onde quero ir, tomarei a decisão. Agora não estou pronto para assinar um acordo de luta. Mentalmente, não quero lutar agora.
Ao mesmo tempo em que cita empecilhos para retornar, St-Pierre admite que há a possibilidade de lutar em 2019, mas isso aconteceria apenas diante de um adversário de peso. O próprio canadense afirmou que a luta que faria mais sentido hoje para ele seria contra Khabib Nurmagomedov. E no peso-leve mesmo, com o cinturão em jogo. O lutador relatou pesar atualmente 83kg, e que chegar a 70,3kg não seria um grande problema.

– O que mais me entusiasma é quando posso ser o primeiro a fazer alguma coisa. Quando algo não pode ser feito e as pessoas duvidam de mim. Ele é um grande campeão e, em termos de legado, não posso pensar em um lutador melhor para enfrentar agora que Khabib.

Mas se a decisão for se aposentar de vez do esporte, Georges St-Pierre garantiu que fará um anúncio e deixará claro seu plano para o futuro. Dinheiro, garante ele, não é uma questão nessa tomada de decisão.

– Tenho diferentes empresas com as quais estou envolvido. Diferentes imóveis também. Em termos de dinheiro, não preciso (mais). Saí (do esporte) por cima, saudável e rico, e quero continuar assim (…). O competidor dentro de mim quer que eu volte algum dia. Eu quero voltar como um competidor, mas preciso ouvir a lógica também. Precisa valer a pena – concluiu.

Fonte: Globo esporte


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *