- Polícia

Homem suspeito de envolvimento em morte de sargento

Um homem se apresentou à polícia na tarde desta segunda-feira (21) e é apontado como um dos envolvidos na morte do sargento da Polícia Militar, Marco Antônio Benjamin da Silva. De acordo com a polícia, ele deu apoio a outros dois suspeitos que já foram localizados. Um deles, de 25 anos, morreu durante um confronto com militaresdurante a madrugada.

Juntamente com um advogado, o homem se apresentou na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na Zona Leste de Manaus. Paulo Martins, delegado titular da especializada, informou que ele deve ser ouvido, mas que os investigadores já possuem um depoimento confidencial que indica a participação dele no crime.

Martins afirmou ainda que a polícia colheu informações sobre o que poderia ter motivado a morte do sargento.

“O sargento teria ido no local [do crime] requerer uns objetos que teriam ficado lá. Não nos detalharam as circunstâncias em que esses objetos teriam ido parar em uma ‘boca de fumo’ (sic). Seria uma aliança e um relógio. Seriam do sargento esses objetos e o sargento teria ido reclamar na boca de fumo. Em função disso, rolou (sic) uma discussão e ele acabou sendo executado por esses indivíduos que estão sendo apresentados”, disse o titular.

O delegado ressaltou que as equipes investigam o envolvimento de outro suspeito, que seria o mandante do crime.

“Nós estamos investigando a participação do mandante. Já temos informações de que teriam recebido ordem para executar o policial militar. E, dependendo de como as investigações vão avançar, se tiver a participação realmente do mandante, ele será também identificado e preso”, afirmou.

Prisão e morte

Além do homem que se apresentou na tarde desta segunda-feira (21), outros dois suspeitos de envolvimento na morte do sargento Marco Antônio Benjamin da Silva já foram localizados. Um deles é Moises da Silva Braga, de 25 anos, que morreu após ser baleado por policiais militares no loteamento Buritis, bairro Nova Cidade, Zona Norte da capital.

Ele foi encontrado dentro de uma casa, por volta de 1h20 desta segunda. Ao perceber a chegada da polícia, Silva sacou uma arma e foi baleado. Ele morreu a caminho do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto.

Já na manhã desta segunda, a polícia prendeu um suspeito apontado como responsável por tirar o corpo do sargento do local do crime.

“Conseguimos prender o [suspeito], conhecido como ‘Pin’. Ele foi trazido aqui para a delegacia e confessou ter recebido uma certa quantidade de droga para pegar o corpo, tirar do local onde ele [sargento] teria sido exetucado e jogar dentro do igarapé”, afirmou o delegado Paulo Martins.

O homem também irá prestar esclarecimentos sobre o homicídio.

Fonte: G1

 


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *