- Polícia

Manicure morre na porta de casa com três tiros

Uma manicure morreu após ser baleada com três tiros na noite desta sexta-feira (28), no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus. Joyciline Lima Feitosa, de 27 anos, chegava em casa quando foi surpreendida por dois homens em uma moto. Um deles fez os disparos. A vítima foi levada para um hospital da capital e morreu minutos depois.

Uma ameaça e disputa por pensão alimentícia com o ex-marido da mulher será investigada pela Polícia Civil.

Segundo a polícia, por volta das 22h20, Joyciline Lima chegou em casa em após corrida com um carro de aplicativo de transporte privado, desceu e o motorista saiu. Testemunhas relataram para os policiais que dois homens, em uma moto modelo CB 300 preta, surgiram e o passageiro começou atirar na direção da manicure. Ela foi atingida com três tiros na boca, tórax e braço. Os criminosos fugiram em seguida, sem serem identificados. Nenhum pertence da vítima foi roubado.

O motorista do aplicativo ouviu os disparos e percebeu que a passageira que tinha acabado de deixar em casa tinha sido baleada. Ele socorreu a manicure e a levou para o Hospital Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto. Joyciline Lima morreu minutos após chegar a unidade hospitalar.

A 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi acionada e os familiares da vítima relataram que a dupla de moto tinha sido vista passando várias vezes na frente da casa onde Joyciline morava com os dois filhos e o atual companheiro.

A família da manicure suspeita do ex-marido da vítima, que estaria ameaçando de morte a mulher. Uma das ameaças foi registrada em Boletim de Ocorrência na Polícia Civil. A mulher não tinha antecedentes criminais ou envolvimento com tráfico de drogas. A principal linha de investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS) é feminicídio.

Ao G1, familiares da vítima relataram que Joyciline travava uma disputa judicial pela pensão alimentícia da filha de 7 anos, que era fruto do primeiro relacionamento.

“Ela tinha uma filha de sete anos e um bebê de um ano. Só escutei o barulho e não sei exatamente o que aconteceu”, disse uma prima da manicure, que prefere não ser identificada.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *