- Polícia

Operação apreende mais de 18 toneladas de pescado e carne silvestre ilegais em municípios

Mais de 18 toneladas de pescado e carne de animais silvestres foram apreendidas durante uma operação realizada em seis municípios no interior do Amazonas. Durante a ação, iniciada no dia 11, foram apreendidos ainda 5,4 mil litros de gasolina e 56,846 metros cúbicos de madeira. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (20) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Os agentes realizaram fiscalizações nas cidades de Atalaia do Norte, Tabatinga, Benjamim Constant, São Paulo de Olivença, Amaturá e Santo Antônio do Içá. Parte do pescado apreendido era comercializado em feiras apesar de algumas espécies estarem no período do defeso, ou estava armazenada juntamente com carne podre – que era usada como isca.

O Ibama informou que algumas espécies de peixe são exportadas para países como Colômbia e Peru, o que pode caracterizar fraude fiscal.

A ação resultou ainda no embargo de três serrarias. Os empreendimentos lançavam resíduos diretamente no rio, de acordo com o Instituto.

Já o combustível apreendido na operação era armazenado de maneira irregular ou vendido ilegalmente. Veja abaixo todo o material apreendido desde o início da operação:

Dez toneladas de piracatinga;
4 toneladas de pirarucu;
4,6 toneladas de peixes diversos (tambaqui, surubim, caparari, aruanã, matrinxã, entre outros) que estão no período do defeso;
56,846 metros cúbicos de madeira ;
5.450 litros de gasolina;
100 kg de carne de caça.

Todo o material de origem animal apreendido foi doado para instituições de caridade. A gasolina foi concedida à Polícia Federal, que apoiou a operação.

Fonte: G1


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *