- Polícia

Polícia Civil do Amazonas prende homem condenado a 14 anos e quatro meses por estupro de vulnerável

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), cumpriu, na manhã desta quarta-feira (07/04), por volta das 6h, mandado de prisão em razão de sentença condenatória em nome de um comerciante de 42 anos pelo crime de estupro de vulnerável. O crime ocorreu em 2017, contra a enteada dele, que na época tinha 12 anos. A prisão ocorreu no bairro Crespo, zona sul.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Especializada, naquele ano, o indivíduo praticou atos libidinosos contra a adolescente. A vítima relatou os abusos para uma tia, que registrou a ocorrência na Especializada.

“As investigações iniciaram e constatamos a veracidade dos fatos. O mandado de prisão em nome dele foi expedido no dia 22 de março deste ano, pela juíza Bárbara Folhadela Paulain, da 2ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes”, relatou a delegada Joyce.

Conforme a autoridade policial, após a ordem judicial ser expedida, as equipes seguiram em diligências e conseguiram efetuar a prisão dele, no bairro Crespo, zona sul.

Procedimentos – O homem foi condenado a 14 anos e quatro meses de reclusão por estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis na Especializada, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Divulgação/PC-AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *