- Polícia

Polícia Civil prende jovem que planejou roubo aos avós em Iranduba

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Iranduba, sob o comando da delegada Sylvia Laureana, titular da unidade policial, cumpriu na manhã de segunda-feira (15/4), por volta das 9h, mandado de prisão preventiva em nome do casal Bruno Gomes Santana, 29, e Fabiana Souza dos Santos, 19, envolvido em roubo ocorrido no dia 5 de abril deste ano, a dois idosos, de 80 e 72 anos, avós de Fabiana.

De acordo com a delegada Sylvia Laureana, os infratores estavam sendo investigados pelos policiais civis da 31ª DIP após roubarem as vítimas na dependência da casa delas, situada na Comunidade do Ariaú, em Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta da capital. Na ocasião, o casal de idosos estava dormindo quando foi abordado por Bruno e outro indivíduo, que está sendo procurado pela polícia e não teve a identidade divulgada para não comprometer o andamento das investigações.

“No dia do crime eles invadiram o imóvel e renderam os idosos. As vítimas tiveram os braços, pernas e pescoços amarrados e chegaram a ser agredidas fisicamente com socos pelos infratores. Do local a dupla subtraiu um aparelho celular e R$ 490 em espécie. Posteriormente, as vítimas conseguiram se soltar e pedir ajuda de vizinhos, que avistaram os infratores empreendendo fuga em uma motocicleta”, explicou Laureana.

Conforme a autoridade policial, durante as investigações a equipe da 31ª DIP constatou que Fabiana foi quem planejou toda a ação criminosa e facilitou a entrada de Bruno e do comparsa no local. “Quando localizamos Bruno e Fabiana, imediatamente o prendemos e levamos para a delegacia. A jovem relatou, em depoimento, que a intenção era roubar o dinheiro da aposentadoria dos avós dela”, disse.

A titular da 31ª DIP destacou, ainda, que durante as oitivas, Fabiana afirmou que simulou ter sido estuprada pelos infratores para tentar despistar as diligências da polícia. O mandado de prisão preventiva por roubo majorado em nome de Bruno e Fabiana foi expedido pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, da 2ª Vara de Iranduba.

O casal foi indiciado por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis na 31ª DIP, Bruno e Fabiana serão trazidos para unidades prisionais distintas em Manaus, onde irão ficar à disposição da Justiça.

Fonte: Divulgação 


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *