- Polícia

Polícia Civil prende ladrões de central telefônica e sucateiro no Centro Histórico de Manaus

O delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), e investigadores prenderam em flagrante Daniel Carlos da Silva, 22, e Jairo da Silva Santos, 29, após eles furtarem um armário de central telefônica no Centro Histórico de Manaus, zona Sul. Durante as diligências, o sucateiro Antônio Alberto Bezerra Lira, 56, também foi preso por receptação do objeto subtraído.
De acordo com a autoridade policial, as prisões foram efetuadas pela equipe da Derfd na madrugada desta sexta-feira, 31, por volta das 3h30. Felix explicou que o furto ocorreu uma hora e meia antes. Logo após a ação criminosa, os policiais civis foram acionados por funcionários de uma companhia telefônica, que informaram o furto do armário, que estava posicionado na rua Guilherme Moreira, Centro. Em ato contínuo, os servidores se deslocaram até o local indicado para iniciarem as diligências, com o objetivo de identificar os infratores e recuperar o armário.
“Ao começarmos as buscas pelos infratores, encontramos Daniel e Jairo por volta das 3h30, na rua Marcílio Dias, naquele bairro. A dupla confessou a autoria do furto. Após as prisões, em flagrante, os infratores informaram que o armário havia sido vendido para o dono de uma sucataria localizada na rua Lourenço da Silva Braga, naquela região. No local recuperamos o armário de distribuição e Antônio foi preso em flagrante”, argumentou Felix.
O titular da Derfd informou que na madrugada da última quarta-feira, 29, por volta de 1h, ocorreu um outro furto de armário de central telefônica. Dessa vez na avenida Sete de Setembro, também no Centro Histórico. As diligências estão em andamento para identificar se os infratores estão envolvidos neste caso também. Felix argumentou que esse tipo de prática causa enorme prejuízo ao consumidor e às empresas de telefonia.
“Cada armário abastece cerca de mil linhas telefônicas. Em caso de furto, essas pessoas ficam sem receber esse serviço. Já as empresas assumem o prejuízo de cerca R$ 15 mil para restabelecer as linhas telefônicas. Somente de janeiro a agosto deste ano, já foram registrados na Derfd cerca de 492 Boletins de Ocorrência (BOs) de furtos de cabos telefônicos. Nesse mesmo período, cerca de 80 armários foram subtraídos. O prejuízo causado às empresas de telefonia chega a R$ 1 milhão só neste ano”, afirmou o delegado.
Felix informou que o trio é reincidente. Antônio já tinha passagem pela polícia pela receptação de cabos de telefonia. Já Daniel e Jairo haviam sido presos por furto dos objetos. A dupla foi autuada em flagrante por furto qualificado. Antônio irá responder por receptação qualificada. O trio será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona Sul da capital.

Fonte: PC/AM


There is no ads to display, Please add some

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *